Preso homem acusado de mandar matar homossexual em Porto da Folha

0

Crime ocorreu em Porto da Folha, no sertão do Estado (Foto: Arquivo Infonet)
A polícia de Porto da Folha prendeu na cidade de Monte Alegre, em cumprimento a mandado de prisão temporária, Everton Fabiano Lima Santos, conhecido como ‘Pipeiro’, acusado de ser o mandante do assassinato do homossexual, Rosivênio Pereira da Silva, 21. O homem foi detido na tarde da última sexta-feira, 13. A informação foi descoberta com exclusividade pelo Portal Infonet.

De acordo com informações do delegado Antônio Wellington, durante as investigações a polícia descobriu que o jovem mantinha relacionamentos amorosos paralelos com alguns homens casados da cidade. “Provavelmente sua morte tenha sido orquestrada para se colocar a salvo a reputação de pessoas como Everton Fabiano, evitando que o relacionamento homossexual proibido viesse a público”, explica o delegado.

Ainda de acordo com as informações apuradas durante as investigações, o delegado explicou que a vítima tinha o hábito de ligar para a esposa de Fabiano revelando o caso proibido do marido. “Essa atitude certamente fez com que o ódio passasse a mover o acusado e há cerca de um ano, os dois foram até o fórum, onde, em audiência, o acusado, para viabilizar a composição penal e pôr fim ao processo, obrigou-se a pagar certa quantia em dinheiro à vítima”, revela.

Mesmo após o problema judicial, acusado e vítima se mantiveram fiéis na manutenção do relacionamento. “Todas as provas colhida para o inquérito apontam para esse fato”, ressalta.

O acusado nega a autoria do crime e também o envolvimento amoroso com a vítima. “Apesar disso os indícios contra o preso são fortíssimos, mas a Polícia não pode revelar, no momento, maiores detalhes, pois é preciso esclarecer a autoria dos executores, além de diligenciar no cumprimento de outros mandados de prisão”, esclarece o delegado.

Eler acrescenta que de acordo as informações colhidas até o momento, Rosivânio fora sequestrado na saída da cidade, torturado e, em seguida, assassinado a sangue frio, de maneira cruel e covarde.

Crime

Rosivânio Pereira da Silva teve o corpo encontrado nas imediações de uma fazenda próxima à cidade de Porto da Folha, no último dia 14 de julho. Segundo os levantamentos da Polícia, a vítima foi carbonizada ainda viva, e alvejada a tiros. O crime chocou a cidade pelo excesso de violência utilizada.

Por Alcione Martins e Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais