Projeto Estrelas do Mar retoma atividades no dia 30 de outubro

0
(Foto: divulgação)

O retorno do Estrelas do Mar, projeto que inclui as pessoas com deficiências às práticas esportivas através do bodyboarding e de ações recreativas, está previsto para ocorrer no dia 30 de outubro. O projeto, que foi fundado há mais de 10 anos, suspendeu as atividades devido à pandemia do novo coronavírus. Com a vacinação dos beneficiários e responsáveis e a redução significativa dos casos, em Sergipe, a organização do projeto social programa o retorno das atividades após mais de um ano e meio de paralisação das atividades presenciais.

Além das práticas de bodyboarding, o projeto oferta diversas atividades voltadas à saúde, educação física, com o propósito de promover qualidade de vida aos participantes e a inclusão social através das práticas esportivas. Através de parcerias firmadas com instituições de ensino, o projeto também funciona como espaço de aprendizagem, uma vez que conta com estagiários supervisionados de instituições de ensino superior dos mais variados cursos.

Ontem, 27, Byron visitou o Centro Maurício de Nassau, parceiro através de Termo de Cooperação, para informar a data de retorno das atividades e reconhecer a importante parceria. “Estou buscando cada um dos envolvidos na execução do projeto, direta ou indiretamente, para que no dia 30 de outubro tudo esteja organizado. Vamos promover um retorno repleto de homenagens, novidades, mas com toda a segurança que o momento ainda exige. Afinal, a pandemia ainda não acabou”, destacou o fundador do projeto, que complementou afirmando que no local serão cumpridos todos os protocolos exigidos pelos órgãos de saúde.

O projeto

O bodyboarder Ailton Kostela tinha um sonho de criar uma escola de bodyboarding, porém em março de 2010 Kostela foi assassinado ao tentar evitar que um jovem desconhecido fosse assaltado. No dia 26 de junho de 2011 foi implantado o projeto Estrelas do Mar, sob coordenação do cabo Byron Silva, primo de Kostela; e da major Anne Bastos, sua esposa. Iniciando com apenas cerca de oito alunos, atualmente o projeto conta com cerca de 150 beneficiários. As atividades acontecem aos sábados, às 9h, no Solarium Bar e Restaurante.

Fonte: Assessoria de Imprensa 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais