Quinto suspeito de matar sargentos é morto

0

Comandante da PM, Magno Silvestre
Carlos Eduardo Batista, acusado de ser o mentor do assalto que resultou na morte de dois sargentos no último dia 2, foi morto em troca de tiros com a Polícia Militar na noite de ontem, 13, em uma região situada entre as cidades de Riachuelo e Malhador. Ele era sobrinho da proprietária do restaurante assaltado.

De acordo com o comandante da PM, Magno Silvestre, Eduardo estava escondido em um matagal da região quando foi localizado pela polícia. Como estava fortemente armado, com revólver e espingarda, atirou contra os soldados, que revidaram e acabaram levando o individuo a óbito.

O coronel Magno realçou que a polícia trabalha na prisão dos três membros da quadrilha que ainda estão foragidos. Questionado se o número correto não seria quatro, ele revelou que outro acusado já foi preso ontem, 13, mas o fato ainda não divulgado à imprensa.

Por Glauco Vinícius e Carla Sousa

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais