Sergipana do século

0

A primeira etapa do projeto Mulheres do Século encerra-se amanhã, dia 03, com uma homenagem à Professora Maria Thétis Nunes, escolhida a mulher do século XX em nosso Estado. Antes da homenagem em si, haverá duas palestras, uma da professora Maria Nely Santos e outra do prof. Ribeiro Soutello. Natural de Itabaiana, foi lá que Thétis concluiu o primário; o curso secundário o fez no Atheneu Sergipense. Formou-se em Geografia e História na primeira turma da Faculdade de Filosofia da Universidade da Bahia e em Museologia no Museu Histórico Nacional. De volta a Aracaju, foi a primeira mulher a dirigir o Colégio Atheneu Sergipense, entre 1951 e 1954, isto depois de defender tese e se tornar a primeira catedrática do estabelecimento. Passou 4 anos estudando no ISEB (Instituto Brasileiro de Estudos Sociais) e integrou a equipe que preparou o projeto de um possível governo do Marechal Lott, que não aconteceu porque foi eleito Jânio Quadros. Foi diretora do Centro de Estudos Brasileiros na Argentina, entre 1961 e 1965. Regressando a Sergipe, com a criação da Universidade Federal de Sergipe, passa a ser titular de História do Brasil, História Contemporânea e Cultura Brasileira. Por duas vezes ocupou a Vice-Reitoria. Hoje é presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe e integra o Conselho Diretor da Fundação Universidade Federal de Sergipe.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais