Sergipe recebe hoje 400 mil doses de vacina contra aftosa

0

Proprietários de gado em Sergipe já podem ficar despreocupados quanto à vacinação do rebanho contra a febre aftosa. É que o Estado está recebendo hoje 400 mil doses da vacina. A segunda etapa da Campanha de Vacinação contra a Febre Aftosa teve início no dia 1º de novembro e alguns proprietários reclamaram de falta da vacina nas lojas especializadas.

 

Para que essa remessa fosse possível, foi necessário que um emissário do Secretário da Agricultura, o diretor de Defesa Animal do Deagro, médico veterinário Fernando Albuquerque, fosse a Brasília, buscar esforços junto ao governo federal, mais particularmente ao Ministério da Agricultura, para que efetivasse a liberação.

De acordo com o secretário Sérgio Reis, o governo federal deixou os Estados do Piauí e Sergipe sem remessa da vacina, o que provocou apreensão aos criadores sergipanos. “O problema estava se configurando complicado, em razão dos objetivos do governo estadual, que deseja uma ampla abrangência vacinal, redundando assim, numa procura maior por parte dos criadores”, comentou Sérgio.

 

Ele lembrou ainda que “os criadores estão conscientes de que o caso da aftosa é grave em alguns pontos do país e que Sergipe, como Zona Livre da doença, não pode e nem deve se descuidar, mas potencializar no que for possível”.


Reis destacou que, muito embora na primeira etapa, os índices tenham chegado a 93%, todo um trabalho junto aos criadores, grandes e pequenos, vem sendo desenvolvido, num mutirão que está arregimentando até as lideranças dos assentamentos.

Com a iniciativa do governo de Sergipe em reivindicar a liberação das vacinas, além das 400 mil doses, que estarão disponibilizadas nesta quinta-feira, a nossa petição já rendeu outros frutos pois, até o final da semana, chegarão a Aracaju mais 250 mil doses”, declarou o secretário Sérgio Reis.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais