Servidores da UFS mantêm indicativo de greve

0

Os servidores da Universidade Federal de Sergipe decidiram, em assembléia realizada ontem, manter o indicativo de greve. No entanto, não haverá deflagração pelo menos até a próxima plenária. O indicativo está sendo sugerido pela Federação Nacional dos Trabalhadores nas Universidades Brasileiras – Fasubra – e a próxima plenária está marcada para o final de semana. “A categoria vai aguardar as discussões e só depois avaliar que tipo de decisão tomar”, diz o diretor de Política e Formação Sindical do Sindicato dos Servidores da UFS – Sintufs -, Edval Góes. De acordo com ele, a Fasubra está avaliando a proposta salarial do governo, que oferece gratificações que variam de R$ 130,00 a R$ 265,00. “Só aceitaremos a proposta se as gratificações forem incorporadas ao salário-base dos servidores”, diz. Segundo o Departamento de Administração Acadêmica – DAA – da UFS, o início das aulas do primeiro semestre de 2004 está confirmado para a próxima segunda-feira, dia 17.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais