Sindicalista permanece hospitalizado após ameaças

0
Marcelo Soares diz que Edílson foi internado (Foto: Arquivo Infonet)

Agentes penitenciários estão em alerta após o atentado sofrido pelo colega e presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Sergipe (Sindipen), Edílson Souza. Edilson Souza foi vítima de dois atentados sendo o primeiro na noite do dia 20 de janeiro quando ele se deslocava até a sua residência e o segundo na madrugada do dia 21 na sede do Sindicato.

De acordo com o vice-presidente do Sindipen, Marcelo Soares, os próprios agentes estão buscando informações para saber o que ocorreu. “A gente continua em alerta e tentando apurar as circunstância do fato porque a segurança do profissional vem em primeiro lugar. Como ele ainda está abalado, acredito que ele ainda não fez o BO, mas estamos levantando as informações com as pessoas que prestaram auxílio a ele para saber o que ocorreu”, afirma.

Indagado sobre o estado de saúde de Edilson Souza, Marcelo Soares informou que Edilson foi levado às pressas ao hospital. “Ele teve um infarto há três dias e teve que ser internado em um hospital. Ele segue fazendo exames e deve ter alta hoje, mas de antemão quero em nome do sindicato agradecer todas as centrais sindicais que estão nos apoiando e se solidarizando com a gente”, diz.

A equipe do Portal Infonet entrou em contato com o coordenador das delegacias da capital, José Inephânio Cardoso que informou estar saindo do cargo e que não tomou conhecimento se o Boletim foi registrado.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais