Uma briga que não interessa

0

João Alves Filho, governador do Estado, voltou da China cheio de gás e, talvez, estimulado pelos boatos que conduzem a um possível encontro de interesse entre o governador e o PT, partiu ao ataque: “José Eduardo Dutra é o inimigo número um de Sergipe”. Presidente da Petrobras, ex-senador da República e sempre um nome à disposição do PT para o que der-e-vier, Dutra foi recebido com uma manifestação de solidariedade na última sexta-feira e anunciou sua pretensão de processar o governador. Ontem, através do jornal da família Alves – o Correio de Sergipe -, o governador ganhou a tréplica: reafirma denúncias e ainda acrescenta que foi impedido de ter acesso a informações da possibilidade de um acordo tripartite entre a Petrobras, a Vale do Rio Doce e o Governo do Estado de Sergipe, “quando a Vale analisava alternativas de investimentos para viabilizar a exploração de minerais em Sergipe”. Pondo os pingos nos “is”, só quem tem a perder com essa briga é o Estado. Ninguém, em boa fé, pode acreditar que Dutra esteja atrapalhando os planos do governador, como não se acredita que João vá se unir ao PT – nunca deu certo misturar água com vinho. Portanto, é preciso que prevaleça o bom senso e a briguinha entre os dois chegue ao fim. Por Ivan Valença Presidente da Petrobras resolve processar governador

Comentários