Incêndio afeta vegetação no Parque dos Cajueiros

0
Vegetação no Parque dos Cajueiros é acometida por incêndio (Foto: Portal Infonet)

O Corpo de Bombeiros acredita que o incêndio que acometeu parte da vegetação do Parque dos Cajueiros tenha sido provocado por ação humana. O fogo se alastrou em um trecho próximo à pista de skate e as chamas chegaram a uma altura de aproximadamente um metro e meio durante a noite da última terça-feira, 5, enquanto acontecia uma festa.

No local, foram encontrados vestígios alguns materiais combustíveis, como bitucas de cigarro, latas e garrafas de bebidas. A priori, foi constatado que a vegetação seca pelas altas temperaturas facilitou também a proliferação das chamas.

Eduardo Moura diz que incêndio foi de pequenas proporções (Foto: Portal Infonet)

Apesar disso, o incêndio foi considerado de pequenas proporções. “Quando chegamos, as labaredas estavam em torno de um metro e meio, mas na maior parte o fogo era rasteiro. Em quarenta minutos finalizar a ocorrência, utilizando água da viatura. Identificamos que tinha determinado ponto que possuía muitos objetos combustíveis, então a gente acredita que alguém tenha feito o acúmulo desse material e por infeliz atitude tenha iniciado o incêndio. A gente percebe um dano ao meio ambiente que poderia ter se proliferado imensamente na área e causado uma destruição imensa no mangue”, disse Eduardo Moura, capitão do Corpo de Bombeiros.

Helder Oliveira lamentou o incidente (Foto: Portal Infonet)

O administrador do Parque dos Cajueiros, Helder Oliveira, lamentou o incidente e revelou preocupação com novos episódios. “É um local muito frequentado, a proposta é de estar aberto 24h para que as pessoas acessem livremente a qualquer hora. Ontem havia uma festa e foram eles que chamaram os bombeiros. A gente se preocupa muito, foi feita uma limpeza há alguns dias, porque havia um excesso de folhas secas caídas. Infelizmente aconteceu esse acidente e ontem mesmo já entramos em ação para resolver os problemas”.

Para descobrir o que efetivamente provocou o incêndio é necessária uma perícia do Corpo de Bombeiros, que é feita após solicitação de qualquer cidadão. Helder assegurou que a Secretaria de Estado da Educação, Esporte e Cultura (Seduc) irá realizar os protocolos. “A gente fica preocupado porque o parque é muito frequentado, mas a vegetação está seca. É um local que a gente cuida, há um grande número de pessoas trabalhando para que o parque se mantenha em boas condições”, finalizou.

Por Victor Siqueira

Comentários