Véspera das convenções: não há muita coisa para fechar

0

Estamos às vésperas das convenções partidária, cujo prazo final é 30 de junho – amanhã, portanto. Mas, há indefinições em todos os partidos.

O partido do governador, o PFL, não sabe, ou pelo menos não indicou o nome do candidato a vice-governador. Os boatos davam conta de que seria Fabiano Oliveira, do PSDB, retomando o PFL a uma parceria eleitoral com o partido dos tucanos. Mas, a vaga teria sido conversada também com o deputado do PMDB, Marcos Franco.

O PT e os partidos aliados já têm chapa fechada, com Marcelo Déda candidato a governador, Belivaldo Chagas a vice e o José Eduardo Dutra ao Senado. No PDT, o silêncio ronda a candidatura de João Fontes a governador. Ele também faz algum mistério – será ou não candidato? Ou voltará a disputar uma cadeira na Câmara Federal?

Há indefinições também nos partidos pequenos – como o PTN, o PV, etc. – mas não com o PSC que levará sua sigla e seus parlamentares a apoiar o PFL e coligar-se com ele. Tudo vai ser resolvido nesta sexta-feira. Mas não é coisa de se confiar muito. Até porque a ata das convenções podem ser entregues até o dia 5 de julho.

Por Ivan Valença

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais