Votação do projeto que beneficia topiqueiros foi adiada

0

O projeto de lei que pode autorizar a legalização de mais 200 topiques na capital sergipana não foi votado na manhã de hoje, na Assembléia, como previsto. O adiamento aconteceu porque o projeto encontra-se na comissão de justiça e ainda não foi analisado. Um dos deputados da Casa – José Carlos Machado, do PFL – pediu vistas do processo, e tem 72 horas, a contar de ontem, para analisá-lo. Mesmo não havendo a votação do projeto, os rodoviários realizaram protesto. O deputado Bosco Costa, responsável pela aprovação do mesmo, pretende ouvir as partes interessadas. “O projeto é polêmico porque existe uma parte da sociedade e dos deputados interessada na aprovação, e outra não. Vou ouvir os deputados e as partes interessadas, depois vou decidir se coloco o projeto em pauta ou não. Eu quero o melhor para o usuário desses transportes. Não tenho nada contra os empresários dos transportes nem contra os topiqueiros”, diz Bosco Costa. Na tarde de ontem, por volta do meio dia, a Superintendência Municipal de Transportes de Trânsito – SMTT – foi surpreendida com a atitude de alguns topiqueiros que acompanhavam a seção da Assembléia. “Por volta do meio dia eles fecharam o Centro da cidade e a polícia agiu com severidade. Não vamos permitir que prejudiquem a vida dos aracajuanos, visto que este é um problema da Assembléia”, diz o capitão Lima, diretor de Trânsito da SMTT. Segundo ele, as fiscalizações em cima dos transportes clandestinos vão aumentar nas rodovias. “Queremos o entendimento e o bom senso das pessoas. Não acreditamos que o pior vai acontecer. Não estamos em uma praça de guerra”, diz o capitão Lima.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais