Xeque-mate: suspeito de atuar como laranja se entrega no Deotap

0
Segundo a SSP, suspeito atuava como laranja na fraude (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Um homem identificado como José Pereira que é suspeito de ter atuado como laranja em um esquema de fraude em licitação no município de Carira, se apresentou na manhã desta quarta-feira, 12, no Departamento de Combate ao Crime Tributário e Administração Pública (Deotap). Após ser ouvido pela delegada, ele ficará preso, segundo informações passadas pela Secretaria de Segurança Pública (SSP). 

De acordo com a Deotap, o grupo atuava em diversas frentes da administração pública com o objetivo de fraudar licitações. Diego Machado e mais uma pessoa ainda faltam se apresentar à polícia para prestar esclarecimentos.

Operação Xeque-mate

A operação xeque-mate foi realizada na terça-feira, 11. Entre os presos estão dois ex-prefeitos, João Bosco Machado e Diogo Machado (pai e filho).

De acordo com a delegada Lara Schuster, a quadrilha agia através de uma empresa denominada ‘Angular’, na qual foram constatadas uma sucessão de sócios que agiam como laranjas que movimentavam dinheiro e o faziam retornar aos irmãos Diogo e Diego.

O advogado dos ex-prefeitos [João Bosco Machado e Diogo Machado], Evânio Moura, argumenta que não procede a informação de que os ex-gestores possuíam uma empresa que fraudava licitações.

por Aisla Vasconcelos

 

Comentários