AOS TRÊS SANTOS JUNINOS – Gustavo Aragão

0

 

Tenho fé em Santo Antônio

Um casamento vou arrumá

Acendo três dúzias de vela

Coloco-o de sentinela

Pra uma mulher me arranjá

 

Caso não me escute

Amarro o santo em sete cordas,

Afogo –o numa tigela e fico a espera

Pra ver no que é que dá.

 

Tenho fé em São João,

Filho de Zacaria e Izabel,

Que num lampejo divino

Fora anunciado pelo anjo Gabriel.

 

Santo festeiro, que pra louvar

Acendo uma fogueira

Pra espantar o mau que me queira

E solto fogos no intuito de o acordar.

 

A São Pedro, o aqui derradeiro,

também quero bem,

santo que de último se faz primeiro.

Porta-voz dos onze discípulos,

de pescador fez-se papa pioneiro 

a ele acendo fogueira, rezo e me refestelo

num forrobodó ligeiro.

Aos três santos juninos solto vivas! até o sol raiar

E me acabo comendo amendoim, canjica,

Pamonha, pé-de-moleque e mucunzá.

 

Por Gustavo Aragão

 

 ●Todos os direitos autorais estão reservados ao autor perante a lei nº 9610/98, lei de direitos autorais. Portanto, fica terminantemente próibida a reprodução parcial ou total da obra sem autorização prévia do autor.

 

 

Comentários