Ballet Nacional de Cuba pela primeira vez em Aracaju

0

“Magia da Dança’ é o título do espetáculo que o Ballet Nacional de Cuba apresenta amanhã, 9, a partir das 21h no Teatro Tobias Barreto. Esta peça resgata os melhores momentos de grandes produções e já foi apresentado na Inglaterra, Espanha e Estados Unidos.

 

O Ballet Nacional de Cuba está pela primeira vez em nossa capital,  para
uma única apresentação. Hoje, a partir das 17h, a fundadora do Ballet Nacional de Cuba, Alicia Alonso, dará uma coletiva a imprensa sergipana no Hotel Delmar sobre sua trajetória e a turnê que vem realizando pelas principais capitais brasileiras.


Com perfeição na técnica e leveza nos gestos, os bailarinos que integram a companhia vêm sendo vigorosamente aplaudidos pelo público das capitais brasileiras por onde a famosa companhia de dança já realizou suas apresentações.

Ballet de Cuba

 

O Ballet está acompanhado de sua fundadora e Primeira Bailarina, a coreógrafa Alicia Alonso, considerada uma das personalidades mais relevantes da história da dança.

Hoje, com sérios problemas de visão e locomoção, Alicia continua, mesmo em uma cadeira de rodas, na direção geral do Ballet Nacional de Cuba, acompanhando de perto todas as novidades e seguindo o grupo em turnês em todo o mundo.

 

A escolha do espetáculo “A Magia da Dança” não foi por acaso, pois o mesmo oferece a oportunidade de se apreciar, de uma só vez, toda a riqueza  acumulada em séculos de desenvolvimento da história do Ballet Clássico. È uma antologia que reúne os mais importantes momentos da arte coreográfica do século XIX, mostrando todo o respeito e a criatividade que a escola cubana de Ballet sempre demonstrou pelas tradições.

 

A apresentação reunirá clássicos como Giselle, A Bela Adormecida, Quebra Nozes, Copélia Dom Quixote, O Lago dos Cisnes e Sinfonia de Gottschalk, tendo sido criada para reunir alguns momentos que marcaram para sempre a história do Ballet, recriando coreografias e mostrando um resumo da trajetória do Ballet Nacional de Cuba, com muita beleza e criatividade”.

 

 

Comentários