Carnaval em Pirambu será organizado pelo Governo do Estado

0

Arrastões serão mantidos no carnaval de Pirambu
Sem dinheiro para gastos extras, o governo interventor do município de Pirambu não organizará o carnaval da cidade. A festa, que se tornou uma tradição em Sergipe, será organizada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Comunicação. Os ‘arrastões’ com trios elétricos e os shows na praça deverão ser mantidos.

Ao assumir o comando da cidade e perceber as dificuldades financeiras do município, a equipe de intervenção tinha como objetivo fazer uma festa de carnaval mais modesta, apenas com cortejos de bandas de frevo pelas ruas da cidade, pondo fim aos arrastões e os shows na praça central do município. O interventor Moacir Santana chegou até a comentar que seria mais correto gastar dinheiro na melhoria das condições de vida da população do que com o carnaval.

Nas diversas audiências públicas ocorridas nesses quase 180 dias de intervenção, Moacir constatou que a maioria dos moradores prefeririam a continuidade da festa carnavalesca como estava sendo realizada em gestões anteriores, com arrastões e shows. “É o que a comunidade quer”, disse Luciana Renata, secretária de Comunicação e Cultura de Pirambu, ressaltando que a Prefeitura dará o apoio logístico ao evento.

Segundo Luciana, o número de trios elétricos que participam dos arrastões deverá sofrer uma redução, cerca de seis faziam a festa nos cinco dias de carnaval. Esse número deverá ser reduzido em 50%. “Informo que não terá um número exorbitante de trios elétricos”, frisou a secretária.  

Resgate 

A secretária informou que a novidade para o carnaval deste ano deverá ser o resgate das tradições de antigos carnavais, com o desfile pelas ruas da cidade de grupos folclóricos, bandas de frevo e do bloco das marisqueiras. Um bloco com crianças da comunidade, que conta com o apoio do Serviço Social do Comércio (Sesc), também deverá estar brincando nas ruas de Pirambu. “É a busca do resgate da cultura do povo de Pirambu”, afirmou Luciana.

Comentários