Concerto da Orquestra Sinfônica de Itabaiana tem apoio do Banese

0

Foto: Divulgação
A Orquestra Sinfônica da Itabaiana fará apresentação nesta sexta-feira, 9, às 19h30, no Teatro Tobias Barreto, com recepção no Foyer pelo Quinteto de Metais e o Quinteto de Sopros. O concerto faz parte da turnê 2010, com o apoio do Banese, que já visitou 10 cidades em Sergipe e contará com a participação do prof. Doutor Erick Magalhães Vasconcelos, como regente convidado, e do prof. Doutor Joel Barbosa, como solista convidado na clarineta, ambos do Estado da Bahia, a entrada para o espetáculo é franca.

A Orquestra Sinfônica de Itabaiana é mantida pela Sociedade Filarmônica Nossa Senhora da Conceição (SFNSC), considerada a mais antiga do país, com 274 anos de atividade ininterrupta. Iniciou suas atividades em 1745, como grupo musical, denominado “Orquestra Sacra”, criada pelo padre Francisco da Silva Lobo. Em 1879 foi convertida à “Filarmônica Euphrosina”, pelo maestro Samuel Pereira de Almeida e, em 1897, recebe a denominação atual, “Filarmônica Nossa Senhora da Conceição”, pelo maestro Francisco Alves de Carvalho Júnior.

A temporada 2010 da Orquestra Sinfônica de Itabaiana tem a direção artística e regência titular de Ângelo Rafael. O concerto no Teatro Tobias Barreto prevê um repertório misto composto por temas clássicos e do cinema: Abertura – The Ruins of Athens (L.V. Beethoven), Carmen Suíte Nº 1 (G Bizet) e Ária para clarineta (A. C. Gomes); Temas de cinema – James Bond Medley (Arr. Vitor Lopez), Theme from E.T (John Willians), The Sound Of Music (Richard Rodges and Oscar Hammerstein), Raiders March (John Willians), Mission: Impossible Theme (Lalo Schifrin) e Thème d’amour – Cinema Paradiso (E. Moriconi).

De acordo com o presidente da SFNSC, Rômulo de Oliveira, anualmente são realizados uma série de concertos em todo o Estado. A apresentação no Tobias Barreto faz parte da temporada 2010, que teve início no mês de março e já somam 10 apresentações, num total previsto de 24, sendo duas em Aracaju. O objetivo é levar música para os sergipanos, principalmente os que residem no interior, segundo ele trabalho possível graças ao patrocínio do Banese. 

Participações Especiais

Para a apresentação no Teatro Tobias Barreto foram convidados: como solista na clarineta – o prof. Doutor Joel Barbosa, titular da Escola de Música da Universidade Federal da Bahia e coordenador do Programa de Pós-graduação em Música (PPGMUS) e do projeto de extensão da Escola de Música da UFBA; e como regente convidado – o prof. Doutor Erick Magalhães Vasconcelos, regente da Orquestra Sinfônica da UFBA e da Orquestra Sinfônica da Bahia, atuou como regente frente a orquestras alemãs, americanas e da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional/ Brasília e da Orquestra Sinfônica do Palácio das Artes/ Belo Horizonte, professor Titular de Regência da Escola de Música da Universidade Federal da Bahia onde leciona nos cursos de Graduação e Pós-Graduação. 

Fonte: Ascom Banese

Comentários