Gabriela Caldas lança seu novo curta ‘Epiphanie’

0

A cantora Patrícia Polayne em cena
A diretora Gabriela Caldas lança nessa quarta-feira, 25, o seu mais novo curta-metragem, ‘Epiphanie’. A produção é estrelada por Patrícia Polayne, Giuliana Oliveira e Odécio Antonio e está concorrendo no Curta-SE 7 na categoria ‘Sergipanos’.

O filme é todo em preto e branco, sem diálogos, mas com efeitos de som e legendas. Nascido de um sonho, Epiphanie é um curta de inspiração surrealista sobre o drama de Castalia que, mergulhada em sua tristeza, evoca seu lado dionisíaco. Ela então se materializa na figura da ninfa Clio, para desespero de seu marido Apolo.

Giuliana Oliveira e Odécio Antonio completam o triângulo amoroso
“O filme na realidade fala do encontro da mulher com ela mesma”, diz Gabriela. “Epiphanie quer dizer iluminação, revelação. E é isso que o encontro de Castália e Clio simboliza. Mas a obra é aberta e o público pode vê-la de várias formas. A estória conta muitas outras estórias”, completa a diretora. 

Nessa experiência, Gabriela usa referências ao expressionismo alemão e aos cineastas surrealistas Luis Buñel e Man Ray. A trilha sonora foi composta por Cristina de Carvalho, harpista formada em Música pela UNB e professora da Escola de Música de Brasília. 

O curta foi finalizado em março desse ano e as filmagens aconteceram em somente um dia, num casarão que pertence à Prefeitura de Aracaju, usado antigamente como prédio de Tributos. O lançamento acontece às 20h no Espaço D’Época, localizado a Rua Itabaiana, 740.

Comentários