Grupo “É o Tchan” faz apresentação em Aracaju

0

Grupo se apresenta nesta quinta-feira, 09, na F1 Club (Foto: Portal Infonet)
Com mais de 15 anos de carreira, o É o Tchan volta com a corda toda e com nova formação em uma apresentação na noite desta quinta-feira, 09, na F1 Club, em Aracaju. Após várias metamorfoses, dentre vários vocalistas e dançarinas que se consagraram no cenário da música baiana e nacional, o grupo retorna com grandes novidades.

A equipe do Portal Infonet entrevistou a banda, que voltou a ser comandada por Beto Jamaica e Compadre Washington, além das seis novas dançarinas, Lele Pingo de Mel, Gabby Zecchinelli, Karol Loren, Julie Pinho, Juliane Almeida e Juliana Chocolate.

Portal Infonet – Depois de algum tempo longe do grupo, porque você e o “Compadre” Washington resolveram retomar ao É o Tchan?
Beto Jamaica – Após esse dez anos sem estar no grupo, acredito que para todos nós está sendo um recomeço. Tivemos vocalistas e dançarinos maravilhosos nestes 15 anos de grupo, sem esquecer do Gera Samba. Decidimos então voltar com todo o gás para agitar a galera e levar alegria e música para todo mundo.

Infonet – Então, o que o ‘novo’ É o Tchan trará de diferente para o seu público?
BJ – Sempre lutamos para que o grupo não focasse apenas em ‘bunda’ e sexualidade. O É o Tchan toca o que as pessoas gostam. Nós estamos chegando para arrasar e classificamos esta nova fase do grupo como ‘É o Tchan 2.6’, comigo e o Compadre, e as nossas belas dançarinas.

Infonet – Agora vocês estão com seis dançarinas, algo inédito na história do grupo. A idéia de potencializar as loiras e as morenas do ‘Tchan’, teve a aprovação dos fãs?
Compadre Washington – Já fizemos alguns shows com esta nova formação e a gente percebe que as pessoas estão adorando a novidade. É muito bom ver que cada menina escolhida tem um diferencial. São várias ‘etnias’ que representam o povo brasileiro.

Infonet – Como está sendo está nova experiência, com um grupo já reconhecido há bastante tempo?
Juliana Chocolate (dançarina)- Está sendo ótima. A interação de todo mundo da banda é muito boa. Sem contar na responsabilidade de estar um grupo que vem buscando uma coletividade. Estar no palco é algo fora de série.

Infonet – Porque decidiram fazer um show em Aracaju nesta renovação do É o Tchan?
Beto Jamaica – Aracaju é muito especial para gente. Quando saímos de Salvador, no começo de tudo, aqui foi a primeira cidade que viemos fazer show. Então a nossa relação com Aracaju demanda apresentações muito boas.

Infonet – Qual a nova música que promete agitar o público?
BJ – A gente aposta no hit ‘Céu/ Chão’ e na ‘Cinderela’, que já está tocando em muitos lugares. O pessoal tem nos recebido muito bem, prova disso são os shows lotados, deixando claro que o povo gosta do grupo e quer acompanhar o nosso trabalho.

Infonet O que o público pode esperar no show de hoje?
Compadre Washington – Um grupo mais maduro e voltando para detonar. Em primeira mão, informamos que iremos fazer também um ensaio todas as quartas do mês de dezembro em Aracaju, para agitar os fãs. Para todos ficarem atentos aos shows e as nossas turnês é só acessar nosso site [www.tchan.com.br]. A gente espera todo mundo às 23h30min na F1 Club.

Por Victor Hugo e Raquel Almeida

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais