Li e Recomendo – “Márcia Haydée – uma vida para a dança”

0

Rodolpho: paixão pela dança e pelas biografias

Diretor artístico da Cubos Companhia de Dança – que se apresentou na última segunda-feira, 5, durante a reabertura do Teatro Atheneu –, o pernambucano Rodolpho Sandes é pós-graduado em Dança e Consciência Corporal pela Universidade Gama Filho, de São Paulo. Em seu currículo, conta passagens por vários grupos de Sergipe e diversos prêmios por seu trabalho como bailarino e coreógrafo, a exemplo do primeiro lugar no Solo de Dança Contemporânea e da homenagem de Bailarino Revelação no I Festival de Dança de Aracaju, em 2009.

Amante das biografias, Rodolpho concentra suas leituras nas histórias reais dos personagens que construíram o cenário da arte cênica. Ao Li e Recomendo desta semana, ele sugere a obra ‘Márcia Haydée – uma vida para a dança’, de Telma Meckler e da própria Márcia Haydée. “Sempre procurando referências no mundo da dança, eu achei esse livro que fala de uma bailarina brasileira, carioca, que foi morar na Alemanha”, diz o diretor.

Para ele, um dos principais atrativos do livro é a retratação da persistência de Haydée, que enfrentou uma série de dificuldades até se firmar na arte. “Ela foi bailarina do Stuttgart Ballet, uma das mais importantes companhias. Hoje é diretora do Stuttgart e do Companhia Nacional de Dança do Chile”, comenta Sandes, que já devorou biografias como as dos bailarinos russos Rudolf   Nureyev e Tatiana Leskova e se prepara para ler uma sobre a norte-americana Isadora Duncan.

Autoras:  Telma Meckler e Márcia Haydée

Editora: Relume Dumará

Sinopse: Trata-se de um livro que reúne fotos e depoimentos da bailarina Márcia Haydée – que, embora tenha se apresentado poucas vezes no Brasil, é reconhecida como uma das maiores artistas do segmento do país. A obra relata a trajetória cheia de percalços dessa carioca de Niterói que, apesar dos problemas que passou, conseguiu espaço de destaque no panorama mundial da dança.     

Comentários