Neópolis: a capital sergipana do frevo

0

Quem acha que Sergipe não tem carnaval é porque ainda não conhece Neópolis. Auto-intitulada de “A capital sergipana do frevo”, a cidade mostrou mais uma vez que faz jus a sua fama de um dos melhores carnavais de Sergipe. Seu carnaval, de forte influência pernambucana, é basicamente de rua, e são nessas ruas, calmas durante o resto do ano, que o show acontece. A festa começou oficialmente dia 27 de fevereiro, com o bloco Zé Pereira pelas ruas da cidade anuncia que a festa está começando. Apesar do movimento ainda ser fraco, muitos turistas já estavam na cidade. No segundo dia de festa, 28, é que as pessoas realmente começam a chegar na cidade. Barracas de camping foram montadas em alguns pontos da cidade por pessoas que não conseguiram um local para ficar. Os hotéis também conseguiram registrar uma boa lotação, mas foram em casas alugadas que a maioria do público se concentrou. O Zé Pereira saiu novamente à noite arrastando uma boa quantidade de foliões. A FESTA CONTINUA – No sábado, dia 1º, às 10 horas, o bloco Zé Pereira saiu da praça principal e passou pelas principais ruas da cidade. Mesmo com apenas uma banda de frevo, várias pessoas seguiram os grandes bonecos que guiavam a banda. Uma ambulância estava de plantão seguindo a multidão, caso algum acidente acontecesse. Policiais militares também fizeram a segurança do evento, mas estes foram bem diferentes dos PMs do Pré-caju: em Neópolis, a truculência policial não existiu e todos eles caíram na folia. Brigas também eram coisa rara no Zé Pereira. Realmente Neópolis tem o carnaval da paz e do amor.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais