Nos quatro cantos

0

O governo do Estado, através da Emsetur – Empresa Sergipana de Turismo – espalhou o forró em todos os cantos de Sergipe. Além do apoio as festas juninas no interior e a Vila Chapéu de Couro na Orla de Aracaju, vários arraiais foram montados em bairros da capital. O objetivo é descentralizar a comemoração mais tradicional do povo nordestino. Segundo a assessora de imprensa da Emsetur, Carla Passos, o objetivo é democratizar os festejos juninos. “Existem famílias de baixa renda que não podem se deslocar para os espaços de grandes eventos. Quando a população não pode ir até o forró, o forró já está indo até a população”. Carla que veio prestigiar o Forró Siri na segunda noite do evento, declara que é preciso existir várias opções para que a população possa curtir a festa mais tradicional de Sergipe. Esse é o segundo ano em que os arraiais estão montados. Nos bairros Coqueiral, Santa Maria, Coroa do Meio e 18 do Forte é possível encontrar, por dia, dois trios pé de serra tocando para o povo. Isso também significa renda extra para sanfoneiros e músicos sergipanos. O projeto teve início no dia 23 e vai até o dia 30 deste mês. Carla ainda informou que a Vila Chapéu de Couro, uma atração que vem agradando turistas e moradores de Aracaju, permanecerá funcionando durante todo mês de julho com uma novidade. Além do tradicional forró, outros ritmos como o chorinho e a seresta vão fazer parte do repertório da Vila. Por Leila Soares

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais