Público sergipano recebe “O Assalto”

0

O Teatro Atheneu Sergipense abriga, nesta sexta-feira, a peça “O Assalto” – um texto de José Vicente que, desde 1989, vem sendo remontada sempre com êxito. A peça é detentora dos prêmios Moliere, Golfinho de Ouro, Medalha APCT e Governo do Estado de São Paulo. Em montagens anteriores, a dupla de atores principais foi defendida por Ivan Albuquerque e Rubens Corrêa; e Francisco Cuoco e Paulo César Pereio. Agora, os papéis de Vitor e Hugo ficam com André Gonçalves e Luis Carlos Tourinho. Vitor, com 25 anos, é um neurótico funcionário de banco – um estranho que fuma muito e pinga colírio no olho nervosamente -. Já Hugo, de 33 anos, é exuberante, rude, sem cultura e possui sinais espontâneos da presença erótica da vida. O embate dessas personalidades diferentes é o núcleo da peça. A direção é de Cininha de Paula.

Comentários