Sessão de Acessibilidade é destaque em Festival de Cinema Infantil

0
O filme ‘O Touro Ferdinando’ foi exibido (Foto: Portal Infonet)

Uma sessão especial de cinema, voltada principalmente para as pessoas que possuem algum tipo de deficiência, foi realizada na manhã desta sexta-feira, 19, no Shopping Jardins, em Aracaju. A mostra integra a programação da 16ª edição Festival Internacional de Cinema Infantil (Fici).

O filme exibido foi “O Touro Ferdinando”, e a sessão especial contou com legenda descritiva, audiodescrição e interpretes de libras. De acordo com a produtora local do Festival, Deyse Rocha, o intuito do Fici é abrir o espaço para todas as pessoas. “O povo tem esse direito e ele precisa fazer parte do contexto do Festival, que tem como objetivo democratizar acima de tudo”, explica.

O vereador Lucas Aribé esteve no local (Foto: Portal Infonet)

A exibição do filme contou com a presença de ativista da causa, como o vereador Lucas Aribé (PSB). Para ele, através desta atividade o Festival mostra que é possível existir uma sessão de cinema com acessibilidade. “A legislação já garante esse direito às pessoas com deficiência, porém, nós ainda não vivenciamos no dia a dia essa prática, por partes dos cinemas aqui de Aracaju. Eles precisam se adequar, e lembrar que a pessoa com deficiência também é consumidora e merece assistir ao filme com acessibilidade”, afirma.

Fici

Festival Internacional de Cinema Infantil (Fici) acontece entre os dias 19 a 28 de outubro, com cerca de 100 sessões de filmes infantis de 26 países sendo exibidos. Os ingressos são comercializados no valor de R$ 12, meia-entrada para todos. O Fici reúne curtas, médias e longas-metragens, nacionais e internacionais, em sessões especiais, pré-estreias exclusivas, sessões de dublagens ao vivo, mostras especiais, exibições de filmes inéditos, debates, além das tradicionais sessões O Pequeno Jornalista, O Pequeno Cientista, Novos Jovens e Acessibilidade.

O Festival é voltado para todos, afirma Deyse Rocha (Foto: Portal Infonet)

por Yago de Andrade

Comentários