Zé Antônio lança cordéis nesta sexta-feira

0

Zé Antônio: cordelista teve projeto aprovado pelo BNB
Um dos sete projetos sergipanos escolhidos para receber recursos do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), através do “Programa BNB de Cultura”, é o “Nordeste em Cordel”, do cordelista José Antônio dos Santos – o Zé Antônio. O resultado da iniciativa será apresentando ao público nesta sexta-feira, dia 29, no Cultart, quando o autor lançará quatro cordéis que compõem o projeto.

 

Os livros editados com os recursos são: “O santo casamenteiro e a revolta de Maricota”, “O guerreiro de Belo Monte”, “A história do padre Cícero e os coronéis do Cariri” e “A Paixão de Cristo”, este último iliustrado com xilogravuras de autoria de Bené Santana. Todos estarão a venda – os valores dos exemplares variam entre R$ 2,00 e R$ 3,00 – na noite de autógrafos, que contará com uma grande festa.

 

Segundo Zé Antônio, o fato de ter conseguido editar os cordéis é motivo de comemoração. “A gente se sente feliz e estimulado para continuar produzindo. Nada melhor que o reconhecimento do valor do trabalho que fazemos e da nossa cultura, que precisa ser preservada, valorizada, apreciada para não morrer”, analisa o autor, que também é professor de História e militante dos Movimentos Populares.

 

A programação, que inicia às 19 horas, será recheada de atrações. “Começa com a encenação, com Grupo Mafuá, do cordel ‘O santo casamenteiro e a revolta de Maricota’”, informa o cordelista. Também estão previstos shows com os cantores Carlos Moreno, Kleber Melo, Wendel Miranda, Grupo Batiquejá, Fábio D’Estância, Moskito, Jailson do Acordeon, Casaca de Couro e os repentistas Elias Angelin e Damião Ramos.

Comentários