Aracaju apresenta aumento na cesta básica

0

Ao contrário do que aconteceu em julho, quando 14 cidades registraram queda no preço dos gêneros alimentícios essenciais, em agosto 10 localidades indicaram alta no custo dos produtos básicos. Aracaju foi uma das cinco capitais que apresentou maior aumento (2,02%).

 

Estes dados são da pesquisa nacional da cesta básica realizada mensalmente pelo Departamento Intersindical da Estatística e Estudos Socioeconômicos em 17 capitais brasileiras.

Rio de Janeiro (4,82%), Porto Alegre (4,49%), Curitiba (2,19%), Aracaju e Florianópolis (as duas últimas com elevação de 2,02%) apresentaram os maiores aumentos. Já as retratações mais significativas foram apuradas em Fortaleza (-4,13%) e Natal (-1,70%).

Com este aumento, o custo da cesta da capital sergipana em agosto ficou em R$187,73, sendo a quarta mais cara das 17 cidades pesquisadas.

Variações

De janeiro a agosto deste ano, a variação acumulada do preço da cesta é negativa em cinco capitais: Goiânia (-3,15%), Manaus (-1,57%) e Natal (-0,13%). Já os maiores aumentos foram anotados em Florianópolis (9,18%), Porto Alegre (7,57%) e Aracaju (6,74%).

Já avaliando os últimos 12 meses, Aracaju apresenta uma das menores elevações com 7,30% de aumento.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais