Bancários entram em greve em Sergipe

0

Em assembléia realizada na noite desta terça-feira, 7, os bancários de Sergipe decidiram entrar em greve por tempo indeterminado. A decisão já passa a valer nesta quarta-feira, 8, em grande parte do país que acatou a orientação do Comando Nacional.

De acordo com nota pública do Sindicato dos Bancários de Sergipe, a greve foi deflagrada porque os bancos não apresentaram nova proposta depois da paralisação de 24 horas da última quinta-feira, 2, quando os bancários rejeitaram a oferta de 7,5% de reajuste salarial apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban).

Os bancários reivindicam aumento real nos salários de 5%, mas a proposta da Fenaban é de aumento de 0,35% acima da inflação. Eles ainda pedem valorização dos pisos salariais, participação nos lucros e resultados (PLR) maior e simplificado, fim das metas abusivas e do assédio moral.

“Os bancos são o setor que mais ganha dinheiro na economia e apresentaram uma proposta muito aquém das reivindicações, abaixo do que outras categorias profissionais já conquistaram neste semestre”, diz Vagner Freitas, presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf) e coordenador do Comando Nacional.

Comentários