Banese disponibiliza R$ 250 milhões em crédito apesar da crise

0

Apesar da crise financeira internacional, o Banco do Estado de Sergipe (Banese) não alterou o seu planejamento de negócios até o final do ano. Segundo o presidente do banco, João Andrade, a instituição financeira está operando normalmente todas as suas linhas de crédito, com um volume de recursos de mais de R$ 250 milhões.

“O Banese dispõe de recursos suficientes para atender à demanda de crédito das pessoas físicas e jurídicas do Estado até o final do ano, de forma que o Natal dos sergipanos não será abalado por qualquer tipo de necessidade de crédito”, afirma João Andrade. De acordo com ele, todas as linhas de crédito do Banese continuam abertas sem nenhuma restrição, com recursos suficientes para financiar o desenvolvimento do Estado.

“Temos recursos disponíveis para toda a população que precise de acesso ao crédito para fazer suas compras de Natal, para todos os comerciantes e empresários que precisem de financiamento para os seus negócios, para repor os seus estoques e fazer as suas vendas de final de ano de modo tranqüilo”, disse o presidente do Banese.

Segundo João Andrade, o Banese, apesar da crise, deverá produzir os resultados que projetou para o segundo semestre deste ano, de forma a se consolidar cada vez mais como agente do desenvolvimento do Estado.

Liquidez

Ainda de acordo com o presidente do Banese, o banco não foi afetado pela crise financeira internacional por um fato simples. “Trata-se de uma crise de liquidez. E o banco tem uma excelente liquidez, em função da sua rede de agências e da captação de depósitos de poupança, depósitos públicos e depósitos do Governo do Estado e prefeituras municipais. Isso permite que tenhamos um volume de recursos significativo no nosso caixa e uma excelente liquidez, o que faz com que a crise não nos afete”, finalizou.

Fonte: ASN

Comentários