Cristiano Teixeira fala sobre a Norcon Rossi

0

Cristiano Teixeira (Foto: Divulgação)

O diretor superintendente da Norcon, Cristiano Teixeira falou ao Portal Infonet sobre a nova parceria que deve começar a funcionar nos próximos 60 dias entre a construtora Rossi de São Paulo e a Norcon. No negócio, ambas as empresas passam a formar uma nova empresa denominada Norcon Rossi que nasce com capital de 300 milhões de reais e prevê que a Norcon opere na área imobiliária e de execução dos projetos, enquanto a Rossi será responsável pelo controle das operações.

Paralelo à parceria, a Norcon continua atuando independente com 22 projetos em andamento nos quatro Estados em que atua: Sergipe, Bahia, Alagoas e Pernambuco. Segundo Cristiano Teixeira, o potencial do Valor Geral de Vendas da Norcon Rossi é de 13 bilhões, enquanto na primeira fase da parceria de lançamento o potencial é de R$ 2,8 bilhões até o ano de 2013.

“A empresa Norcon Rossi vai começar grande e terá funcionários que vamos contratar para suprir nossas necessidades. Além da diretoria, vai haver um conselho consultivo na Norcon Rossi com sete membros dos quais quatro são da Norcon. A única diferença é que o aporte financeiro é da Rossi e portanto 70% da participação será da construtora de São Paulo e 30% da Norcon”, revela Teixeira que disse que para a concretização do negócio, a Rossi assumiu uma dívida da Norcon já que para a nova empresa, não poderia haver nenhum endividamento existente da Norcon ou da Rossi. “Nós tínhamos uma dívida no valor de R$ 150 milhões e parte do acordo para que eles ficassem com os 70% do controle foi que assumissem essa dívida”, diz.

O memorando do negócio entre as duas empresas compreende: parcerias em empreendimentos já lançados e parcialmente vendidos, onde a Rossi deterá até 80% de participação. Além disso, a criação da nova companhia denominada Norcon Rossi, terá a participação da Rossi em 70% e a Norcon com 30%, será responsável pela realização de novos empreendimentos imobiliários com previsão de Valor Geral de Vendas de R$ 2,8 bilhões até 2013, por meio do estoque de terrenos atual da própria Norcon que totaliza um Valor Geral de Vendas Potencial de R$ 13 bilhões.

“Nós assinamos o memorando de entendimento e temos um prazo de 60 dias para regularizar toda a documentação da nova empresa para que possamos entrar em funcionamento”, finaliza Cristiano Teixeira.

Por Bruno Antunes

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais