Desempregados fazem ato no campo de Carmópolis

0
Ato dos trabalhadores desempregados (Foto: Ascom/Sindipetro)

Um grupo de trabalhadores desempregados realizou um ato no campo petrolífero de Carmópolis na manhã desta segunda-feira, 4, em Sergipe. Os manifestantes são vinculados ao Movimento dos Trabalhadores Desempregados de Maruim e receberam apoio do Sindicato Unificado dos Trabalhadores Petroleiros, Petroquímicos, Químicos e Práticos nos Estados de Alagoas e Sergipe (Sindipetro).

Os manifestantes se concentraram na porta da Petrobras e fizeram vários pronunciamentos contra a política da estatal. Eles criticam os cortes nos investimentos, pedem o fim das demissões no setor petrolífero, repudiam a venda dos campos de produção terrestres e defendem que a Petrobras interceda para que as empresas terceirizadas priorizem a valorização e contratação de mão de obra regional, assegurando o acesso dos desempregados sergipanos ao mercado de trabalho.

O líder do Movimento dos Trabalhadores Desempregados de Maruim, Gerson Dantas, informou que a manifestação ocorreu de forma pacífica e contou com apoio do pessoal que estava trabalhando naquela área da estatal. Segundo o líder do movimento, na região [entre Maruim e Santo Amaro das Brotas], há um grupo de cerca de 700 desempregados. O Movimento está realizando uma série de manifestações desde a semana passada, quando ocorreu uma passeata na cidade de Maruim.

O Portal Infonet tentou ouvir a Petrobras. A gerência de imprensa da estatal sediada no Rio de Janeiro se comprometeu a encaminhar uma resposta ainda nesta tarde, mas até o fechamento da matéria não foi enviada a resposta. O Portal Infonet permanece à disposição. Informações devem ser enviadas por e-mail jornalismo@infonet.com.br ou por telefone (79) 2106 – 8000.

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais