Desocupação bate recorde e SE registra 147 mil pessoas desempregadas

0
SE registra 147 mil pessoas desempregadas (Foto: Wilson Dias/ Agência Brasil)

O estado de Sergipe fechou o mês de setembro com uma taxa de desemprego (também chamada de desocupação) no valor de 16%. O que representa aproximadamente 147 mil pessoas desempregadas. Os dados atualizados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), através da Pnad Covid-19, uma versão especial –  e mensal – da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), que tem como objetivo monitorar os principais impactos causados pela pandemia do novo coronavírus no mercado de trabalho.

De acordo com o IBGE, apesar do desemprego continuar em alta, o número de pessoas ocupadas (empregadas) aumentou pela segunda vez consecutiva desde o início da pesquisa, em maio. “Desde maio, quando a PNAD COVID19 teve início, o número de pessoas empregadas vinha caindo em Sergipe: eram 826 mil naquele mês, 806 mil em junho e 737 mil em julho. Em agosto, esse número aumentou pela primeira vez, chegando aos atuais 745 mil e em setembro, permaneceu em alta, fechando o mês em 775 mil “, salienta.

Embora o número de pessoas empregas tenha subido de maneira considerável, o Instituto de pesquisa ressalta que o aumento no número de pessoas ocupadas, porém, não significa que diminuiu o número de pessoas desocupadas, ou seja, o chamado desemprego continuou a subir. “Quando aumenta o número de desocupados, aumenta a pressão sobre a força de trabalho. Desde o início da PNAD COVID19, esse indicador para Sergipe tem tido altas sucessivas: apenas 65 mil em maio, passando a 84 mil em junho, 100 mil em julho, 114 mil em agosto e 147 mil em setembro. Esse é o maior aumento registrado até o momento”, explica o IBGE.

O que é desemprego para o IBGE

De acordo com o IBGE, o desemprego se refere às pessoas com idade para trabalhar (acima de 14 anos) que não estão trabalhando, mas estão disponíveis e tentam encontrar trabalho. Assim, para alguém ser considerado desempregado, não basta não possuir um emprego.

Veja alguns exemplos de pessoas que, embora não possuam um emprego, não podem ser consideradas desempregadas:

  • um universitário que dedica seu tempo somente aos estudos
  • uma dona de casa que não trabalha fora
  • uma empreendedora que possui seu próprio negócio

por João Paulo Schneider 

Comentários