Donos de salões de festas pedem ao Governo a liberação de eventos

0
Donos de salões pedem que Governo autorize liberação de eventos e pedem isenção do IPTU (Foto: Ednailson Guimarães)

Os donos de salões de festas de Aracaju estão solicitando ao Governo do Estado a autorização para realização de eventos sociais, mesmo com restrições. A categoria alega que os locais são espaços controlados e que é possível realizar eventos com segurança.

O representante da categoria, Ednailson Guimarães, conhecido com Dinho, ressalta que é preciso que o Governo entenda a diferença entre casa de show e salão de festas. “O salão de festas trabalha com eventos sociais programados e só entra convidados. Na casa de show pode entrar qualquer pessoa que pagar ingresso de forma indiscriminada. O Governo proibiu eventos, mas eventos é uma coisa muito ampla. É preciso diferenciar cada coisa”, diz.

Dinho conta que pede ao Governo a liberação de eventos em salões de festas já que houve a flexibilização de muitos setores. “Bares e restaurante, por exemplo, entram qualquer pessoa. Os shoppings estão funcionando de 10h às 22h e não há controle de quem entra, então, não há porque continuarmos sem funcionar. Nós estamos felizes porque as coisas estão voltando a funcionar, mas também queremos trabalhar. Nós acreditamos e provamos que podemos trabalhar com segurança”, enfatiza.

Outra reivindicação da categoria é a isenção do IPTU dos salões de festas. De acordo com Dinho, os valores são altos e os donos de salões estão sem poder pagar. “Os salões que ficam em áreas mais nobres, a exemplo da Atalaia e Coroa do Meio, tem taxas de IPTU que chegam a R$ 40 mil. No meu salão mesmo esse ano foi R$ 21 mil o IPTU”, aponta o representante que afirma que essa isenção não acarretaria em prejuízos para os cofres públicos.

“Somos cerca de 26 salões com esses valores de IPTU mais alto, então se tiver essa isenção a Prefeitura não terá prejuízos. Já para nós donos de salões, essa seria uma ajuda importante já que estamos há um ano sem trabalho e temos despesas com a manutenção do salão. O setor de eventos teve a isenção de IPTU para quem tem imóveis de até R$ 150 mil, mas nossos imóveis estão acima desse valor, por isso nós já preparamos a documentação e vamos pedir a Prefeitura a isenção para todos os salões”, explica.

O Governo de Sergipe informou que a demanda da categoria é um dos assuntos que estará na pauta de discussões na reunião do Comité Técnico-Científico desta semana.

O Portal Infonet entrou em contato com a Prefeitura, através da Secretaria Municipal da Fazenda, mas até a publicação da matéria não recebemos resposta. O Portal Infonet permanece à disposição através do e-mail jornalismo@infonet.com.br.

Por Karla Pinheiro

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais