Embrapa apresentará resultados de pesquisas em Simão Dias

0

Pesquisadores da Embrapa Tabuleiros Costeiros e Emdagro estarão nesta terça-feira, 20, no município de Simão Dias, em Sergipe, com o objetivo de apresentar resultados de pesquisas desenvolvidas com o cultivo da abóbora e atender a demanda dos agricultores por meio de palestras. O evento acontece na Associação Comunitária de Desenvolvimento dos Produtores da Caraíba de Baixo.

A coordenadora do evento, Semíramis Rabelo Ramalho Ramos, da Embrapa Tabuleiros Costeiros, dará a boas-vindas aos participantes e falará sobre os resultados das ações desenvolvidas na área dos agricultores durante dois anos de trabalho.

Os resultados  são decorrentes de uma nova forma de realizar pesquisas – a experimentação participativa. Isso quer dizer que a Embrapa deixou de lado suas próprias terras e foi a campo fazer pesquisa com os próprios agricultores familiares. Assim, os saberes dos produtores rurais são associados com os conhecimentos dos pesquisadores e técnicos.

Os pesquisadores Ivênio Rubens de Oliveira e Viviane Talamini, também da Embrapa Tabuleiros Costeiros, estarão em campo com o objetivo de tirar dúvidas sobre manejo de pragas e controle de doenças no cultivo de abóbora. A pesquisadora da Emdagro, Neusa Rosani S. Lima, falará sobre cuidados para a produção de sementes.

O cultivo

A Abóbora é uma hortaliça amplamente cultivada no Brasil e muito apreciada na alimentação dos nordestinos. Na região de Simão Dias, ela também é conhecida como jerimum de leite e abóbora de leite e predomina o cultivo de variedades locais também denominadas crioulas ou comuns, cujas sementes são mantidas há muitas gerações pelos agricultores.

 No entanto, há problemas para a produção comercial de sementes de boa qualidade fisiológica e sanitária. Dentre outros fatores, isso ocasiona redução de produtividade e diminui o estoque familiar de sementes, que é muito importante para dar continuidade anual ao plantio. Há também o risco de, ao substituir uma variedade por outra, se perder definitivamente uma variedade tradicional de plantio na região.

Por isso, a Embrapa Tabuleiros Costeiros, com a parceria da Emdagro lançou o projeto “Produção de Sementes de Variedades Crioulas de Abóbora pelos Agricultores Familiares da Região Semiárida de Sergipe e Bahia” financiado  pelo convênio Embrapa e Fundeci – Banco do Nordeste.

O objetivo é capacitar e disponibilizar informações e tecnologias, por meio da experimentação participativa, para valorizar o estoque familiar de sementes e a formação de bancos comunitários, de forma a fortalecer o processo de produção de sementes locais de abóbora em área de agricultura familiar de municípios da região semiárida de Sergipe e Bahia.

Ascom/Embrapa

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais