Feiras livres: empresa vencedora de licitação assume em dezembro

0
2ª Sessão Pública aconteceu na manhã desta segunda-feira, 4, na sede da Emsurb (Foto: Portal Infonet)

As 25 feiras livres de Aracaju serão organizadas e mantidas pela empresa Locazil Locações e Serviços Ltda. A decisão foi anunciada na manhã desta segunda-feira, 4, durante a 2° Sessão Pública referente ao processo licitatório n°02/2019 que trata da concessão de serviço público, pelo prazo de 10 anos, das feiras livres do município. Em dezembro a empresa assume a infraestrutura e montagem das feiras livres do município.

A Comissão Permanente de Licitação (CPL) apresentou nesta segunda-feira o relatório técnico com o resultado das propostas entregues pelas 11 empresas classificadas no dia 13 de setembro. Das 11 empresas, sete apresentaram erros nas planilhas de composições de preços e foram desclassificadas.

Das quatro empresas aptas, a Locazil Locações apresentou preço menor nos cinco lotes e foi a vencedora do processo licitatório. De acordo com o presidente da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), Luiz Roberto, a licitação deve ser concluída em 10 dias.

Presidente da Emsurb, José Roberto, conta que nova empresa deve assumir as feiras em dezembro (Foto: Portal Infonet)

“A partir de agora será dado o prazo de cinco dias úteis para os recursos administrativos, a CPL irá avaliar e em até 10 dias o processo licitatário deve ser concluído. Após a finalização do processo licitação, a empresa tem 30 dias para começar a atuar nas feiras livres”, explica.

Com a concessão do serviço, a empresa será responsável por toda parte de manutenção e infraestrutura das feiras. No somatório dos cinco lotes, o valor cobrado para os 10 anos de concessão foi de mais de R$ 80 milhões. “Como se trata de uma concessão, os feirantes vão pagar a empresa o valor para usar as bancas e estruturas, como já acontece, e a empresa repassa 5% do lucro para a Emsurb”, diz.

Maria Rosana dos Santos, representante da empresa Locazil Locações, explica que valores pagos por feirante serão reajustados (Foto: Portal Infonet)

A representante da empresa vencedora, Maria Rosana dos Santos, conta que os valores pagos pelos feirantes sofrerão reajuste porque a estrutura das feiras mudará. “Os feirantes continuarão pagando por feira que participarem, como já acontece, a diferença é que terá um acréscimo no valor já que a estrutura das bancas será alterada e balcões frigoríficos instalados, mas buscamos adequar um valor que não impacte muito no bolso dos feirantes”, afirma.

Entenda

O Processo Licitatório Nº 02/2019 dará a concessão, pelo prazo de dez anos, as empresas vencedoras do processo que apresentaram menores valores, por lote, para a organização e infraestrutura das feiras livres de Aracaju. O certame envolve 25 feiras da capital, as quais estão divididas em cinco lotes. No lote 1, estão as feiras do Augusto Franco, Orlando Dantas, Santos Dumont, Costa Nova, Médici e Santa Tereza. No lote 2, estão as feiras do Sol Nascente, Castelo Branco, Grageru e Bairro América. O lote 3 é formado pelas feiras do São José, 18 do Forte, Cirurgia, Bugio e Suíssa.

Esse já é o segundo processo licitatório realizado este ano. No primeiro certame todas as empresas foram desclassificadas por apresentarem erros na planilha de composição de preços.

Por Karla Pinheiro

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais