ICI realiza primeira agência de desenvolvimento local no Povoado Duro

0

O ICI – Instituto de Cooperação Intelectual de Sergipe, em parceria com a Associação Comunitária do povoado Duro, de Itaporanga, está realizando sua primeira agência de desenvolvimento local (ADL) com a realização de duas oficinas na sede da fazenda Kiko. Trata-se de um trabalho de motivação, interesse da comunidade para a realização de cursos profissionalizantes. A primeira oficina denominada “Oficina de Integração Grupal” teve por objetivo integrar os membros da Associação a fim de promover o fortalecimento do grupo, segundo informações da direção do Instituto.

De acordo com a Assistente Social do ICI, Raqueline Moura Nascimento, a metodologia utilizada foi a participativa. Foram aplicadas técnicas de dinâmica de grupo objetivando construir conceitos básicos sobre a comunidade, grupo, participação e cooperação. A segunda oficina será realizada esta semana, “construção de diagnóstico participativo” a fim de realizar o diagnóstico participativo do povoado Duro. Raqueline informou ainda que foi utilizada a metodologia participativa aplicando técnicas de dinâmica de grupo e pesquisa de campo.

Na opinião do presidente da Associação Comunitária do povoado Duro, José CicinatoVieira Mello, o trabalho é importante e trará inúmeros benefícios para a comunidade. Esta iniciativa favorecerá a união comunitária (espírito associativo e cooperativo), possibilitará a realização de atividades esportivas como o futebol adulto e infantil e o vôlei.

Serão realizados também os cursos de qualificação profissional como o de pedreiro, eletricista, pintor, a serigrafia, informática, corte e costura e medicina alternativa. Ressaltou que a Fazenda Kiko possui infra-estrutura para a realização de várias atividades. Além disso, o grupo é muito esforçado e está disposto a construir uma nova história no povoado. Amanhã, dia 24, o ICI estará dando inicio á terceira oficina, “Visão de Futuro do povoado Duro” e estamos bastante otimistas com este trabalho, concluiu Cicinato.

Comentários