Petrobras anuncia produção em mais um poço de Piranema

0

Luis Robério apresenta o Plano de Negócios e Gestão da Petrobras (Fotos: Portal Infonet)

O gerente geral da Petrobras Sergipe/Alagoas, Luis Robério Silva Ramos, anunciou na manhã desta quinta-feira, 23, o início da produção em mais um poço na área de Piranema, devendo chegar a 6 mil barris de petróleo/dia. Na ocasião, ele destacou o Plano de Negócios e Gestão (PNG) em Sergipe, com projetos capazes de produzir 100 mil barris/dia e investimentos na área de Exploração e Produção, de mais de U$ 5 bilhões.

“A produção de mais um poço na Plataforma de Piranema está prevista para julho de 2013, devendo chegar a 6 mil barris por dia. Piranema é o primeiro campo em águas profundas do Nordeste, produzindo atualmente pouco mais de 4 mil barris/dia. A perspectiva é de novas oportunidades não só em Piranema, mas em áreas adjacentes”, destaca acrescentando que a estatal está perfurando um poço exploratório em uma área denominada Aracaju e outro na área de Muriú, tendo perfurado um poço na área de Barra.

E o aparecimento dos projetos nos quadros do Plano

De acordo com Luis Robério, em 2015 a Petrobras fará dois Testes de Longa Duração (TLD) em duas áreas: Muriú e Fafan.

“São testes de longa duração realizados no mar, antes de fazer o projeto definitivo. Os TLDs são feitos em navios para produzir um ou mais poços, visando verificar o tamanho do reservatório, o volume e a capacidade de produção. Em 2018, faremos o projeto definitivo. Essa é a grande novidade do Plano de Negócios e Gestão em Sergipe. Pela primeira vez aparecem no PNG, os projetos de águas ultraprofundas como projetos firmes em unidades com capacidade de produzir 100 mil barris/dia”, explica o gerente geral da Petrobras.

Ele acrescentou que os investimentos da Petrobras no Plano de Negócios e Gestão para o Estado de Sergipe, superam os U$ 5 bilhões de dólares.

“A gente tem um investimento da Petrobras como um todo [no Brasil e Exterior], da ordem de U$ 236.7 bilhões para o período de 2013 a 2017. No Brasil, o investimento é de U$ 147 bilhões para Exploração e Produção e para os Estados de Sergipe e Alagoas é de U$ 5.7 bilhões. Pode parecer pouco, mas não é porque nós saimos do ciclo passado para esse ciclo, de U$ 4.1 bilhões para os U$ 5.7 bilhões”, comemora.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais