Sindicato dos Bancários lança cartilha sobre bancos

0

Cartilha começou a ser distribuída à imprensa e à poupulação (Fotos: Portal Infonet)

O Sindicato dos Bancários do Estado de Sergipe abriu nesta sexta-feira, 19, durante café da manhã na sede da entidade, a Semana do Bancário com o lançamento da cartilha: Os bancos e Você – Como se defender dos abusos dos bancos. No guia, os usuários poderão tirar dúvidas de como escolher a agência, abertura e movimentação de contas, pagamentos, cheques, cartões magnéticos, tarifas bancárias e atendimento.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Bancários, José Souza, são abusos desde o momento em que as pessoas abrem contas nos bancos. “Desde este momento, as pessoas já começam a pagar tarifas se usar e se não usar os serviços, a exemplo da retirada de extratos e recebimento de cartões. Para se ter uma idéia, essas tarifas garantem aos bancos pagarem a folha de pessoal e ainda ficar com o troco. E nós achamos que isso é algo inexplicável ainda mundo afora”, ressalta.

José Souza fala sobre a cartilha e sobre a campanha salarial

Souza destacou ainda como abusos sofridos pelos consumidores, quando as pessoas não solicitam cartões de crédito e recebem em casa. “Muitas vezes, as pessoas recebem o cartão em casa e deixam no envelope, não têm tempo de abrir e acabam ficando inadimplentes por esta conta que não contraíram. Sem contar o abuso principal que é o do constrangimento da demora na fila. Os bancos ampliaram enormemente o universo de clientes e não fizeram a mesma coisa com o numero de empregados e isso gera um descasamento e conseguinte um constrangimento”, entende.

A cartilha começou a ser distribuída nas agências principais da cidade nesta sexta-feira, 19 e junto à imprensa, aos veículos de comunicação.

Lei dos 15 minutos

O sindicalista afirmou que a qualquer momento a população aracajuana poderá ter uma surpresa agradável quanto à lei de autoria da então vereadora Tânia Soares (PCdoB), que proibe a permanência em filas nas agências bancárias por um tempo maior do que 15 minutos.

“Nós nunca deixamos de ser otimistas e a qualquer momento poderemos ter uma surpresa agradável. Nós soubemos extra-oficialmente que o Conselho Municipal de Contribuintes da Prefeitura de Aracaju, se reuniu na última quarta-feira, 17 e deliberou pela aplicação de sanção contra bancos que estavam para serem julgados e essa sanção pode ser a suspensão temporária do funcionamento do alvará até que alguma medida seja encontrada para colocar no lugar, será uma nova fase para o funcionamento da lei na nossa cidade”, informa.

José Souza acrescentou que algumas pessoas estão incrédulas, descrentes, mas o sindicato não desistiu. “Como o Código de Defesa do Consumidor é uma realidade, temos uma lei que é derivada do código e fazemos um discurso afirmativo para que ela venha a se afirmar. Nos próximos dias o julgamento prossegue, esperamos que sirva de exemplo pois a partir daí os bancos vão reagir e vai gerar uma nova forma de enfrentar esta questão. Nós não estamos aqui dizendo que queremos ver bancos fechados de forma definitiva, mas é preciso que eles sejam punidos, porque quem descumpre a lei se torna marginal”, entende.

Programação

A programação da Semana do Bancário, cujo dia é comemorado em 28 de agosto, prossegue na segunda-feira, 22 com um diálogo com os bancários aposentados. Na quarta-feira, 24, haverá exibição do filme ‘Capitalismo uma historia de amor’. Haverá palestra sobre terceirização bancária, na sexta-feira, 26 e no sábado, 27, acontece a 5ª Caminhada e o lançamento da campanha salarial 2011/2012.

“Apesar do cenário de crise internacional, que os bancos não tomaram conhecimento, nós vamos para a campanha salarial querendo 5% de ganho real, mais a inflação do período, que dá em torno de 12.8%. Queremos melhorar a participação nos lucros e resultados, definir um piso nacional para a categoria, que hoje é de R$ 1.250 e queremos que vá para R$ 2.297, que é o Piso do Salário mínimo do Dieese”, enfatiza o presidente do Sindicato dos Bancários do Estado de Sergipe.

Por Aldaci de Souza

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais