Sindifisco promove web debate sobre Reforma Administrativa

0

Com temas emergentes e de grande impacto na estrutura do Estado brasileiro e assim na vida do conjunto da classe trabalhadora, o Sindicato do Fisco de Sergipe (SINDIFISCO/SE) promove o Web Debate sobre Reforma Administrativa, PEC Emergencial e Dívida Pública.

O Debate online será nesta quarta-feira, 24, às 19h45, e será transmitido ao vivo pelas redes sociais do SINDIFISCO/SE, Facebook, e canal do Youtube. Os palestrantes são personagens do campo progressista e com muita afinidade com os temas: Maria Lucia Fattorelli e José Guilherme Carvalho Zagallo.

Fattorelli é a coordenadora Nacional da Auditoria Cidadã da Dívida. Já Guilherme Zagallo é advogado trabalhista, integrante do Coletivo Nacional de Advogados de Servidores Públicos e Relator Nacional de Direitos Humanos da plataforma Dhesca.

“Com os dois convidados, o SINDIFISCO/SE pretende proporcionar mais um encontro virtual esclarecedor sobre a chamada reforma administrativa, proposta pelo governo federal, com a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 32/2020, bem como a PEC Emergencial e Dívida Pública. As PECs que tramitam na Câmara dos Deputados e no Senado Federal juntas apresentam um caráter de destruição do Estado brasileiro, porque se aprovadas prejudicaram de forma acentuada o que hoje conhecemos de prestação de serviço público”, destaca o presidente do SINDIFISCO/SE, José Antônio.

“Estamos convidando os profissionais da imprensa, as lideranças sindicais e as pessoas interessadas em conhecer de forma desmistificada os assuntos como ‘aumento de gastos e dívida públicos’. Também precisamos nos preparar para buscarmos apoio das nossas famílias, amigos e amigas e da opinião pública contra essas PEC e outras ‘renovadas iniciativas’ de desmonte do Estado brasileiro”, afirma José Antônio.

Este ano, a categoria do Fisco Estadual já deliberou em assembleia pelo fortalecimento da luta coletiva, sindical e social em defesa do serviço púbico e dos (as) servidores (as). Em uma das ações mais coletiva, o sindicato assinou a Carta Aberta da Campanha “É Hora de Virar o Jogo”, que exige resposta aos vinte e cinco questionamentos formulados ao Poder Executivo para que retire a PEC 32 e ao mesmo tempo dirigida aos parlamentares para que os mesmos rejeitem a referida PEC 32. Para os sindicalistas, a PEC é uma medida “nefasta” ao interesse público estatal e social.

Fonte: Sindifisco/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais