Venda de veículos novos em Sergipe superou 2009

0

Para o advogado Wylner Cardoso adquirir um veículo novo traz vantagens (Fotos: Portal Infonet)

O sonho de adquirir o carro próprio ainda é cobiçado por muitos brasileiros. Com o final do ano, muitos aproveitam o recebimento do 13º salário para adquirir um veículo novo ou realizar a troca do antigo.

De acordo com levantamento feito pelo DIEESE, as vendas de automóveis (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motos) em Sergipe cresceram 10,32% na comparação do acumulado de Janeiro a Outubro de 2010 com o mesmo período de 2009, saltando de 35.318 para 38.964 unidades vendidas.

Para o advogado Wylner Cardoso adquirir um veículo novo é mais vantagem para o consumidor. “Adquiri um Astra novo na semana passada e optei pelo veículo zero pelo conforto, garantia de fábrica, aos custos de manutenção ser mais baixo e também porque as formas de parcelas estão iguais a se fosse adquirir um seminovo”, afirma.

O gerente Alexandre Leal diz que as vendas devem aumentar até dezembro

Vendas geram expectativas

Nas concessionárias o aumento das vendas já é sentido. Para o gerente de vendas de uma loja situada na capital, Alexandre Leal, a expectativa é que a venda nesse final de ano seja muito boa em relação ao mesmo período do ano anterior.

“Em dezembro de 2009 vendemos 220 veículos e neste mês de dezembro já chegamos a vender 260 veículos novos. A expectativa é que esse número ultrapasse os 300 até o dia 31”, comemora o gerente.

O aumento no financiamento das parcelas e a entrada da classe média no setor de compras impulsionaram a venda por veículos novos e populares. “Temos parcelas que variam de 24 a 60 meses e o cliente ainda tem a possibilidade de juntar a renda do marido com o da esposa por exemplo. Temos veículos que variam do popular, que sai no valor de R$ 30 mil (Celta), com ar condicionado, travas e direção hidráulica, até o de luxo estipulado no valor de R$ 185 mil (Camaro)”, pontua Alexandre Leal.

De acordo com o gerente de vendas de uma outra concessionária, Francisco Dantas, o aumento das vendas de 2010 também superou as expectativas e a escolha pelo veículo novo ainda é grande. “O aumento na venda de veículos ficou em torno de 10% a mais que o do ano anterior. Os clientes ainda preferem adquirir um novo do que usado. Somente este mês de dezembro já vendemos 450 veículos novos e a escolha é pelos ditos populares, que saem no valor de R$ 32 mil”, diz Francisco Dantas.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais