Acusados por tentativa de fraude em concurso da PM continuam presos

0
Celular estava escondido no gesso que o acusava usava (Foto: SSP/Arquivo)

Continuam presos os irmãos Hygor Ayslan Oliveira Lima, 28, e Aylton Hytalo Oliveira Lima, 26, acusados de tentar fraudar o concurso da Polícia Militar de Sergipe, cujas provas foram aplicadas no dia 1º de julho deste ano. Eles foram presos em flagrante e indiciados pelo crime durante as investigações realizadas pela Polícia Civil.

Nesta quinta-feira, 11, os acusados participaram de audiência de instrução e julgamento, conduzida pela juíza Jumara Porto Pinheiro, da 9ª Vara Criminal por onde tramita a ação penal. Na audiência, foram ouvidas testemunhas arroladas pelo Ministério Público do Estado, que considerou como indispensáveis a oitiva de um policial militar e de um policial civil para a instrução processual.

A juíza acatou o pedido do MPE e determinou a intimação dos dois policiais arrolados no processo. A juíza transmitirá informações sobre as denúncias que pesam contra os irmãos às comissões responsáveis por concursos públicos nos Estados do Rio Grande do Norte, Pernambuco, Alagoas, Amapá, Espírito Santos, Minas Gerais e São Paulo com o intuito de saber se eles também disputam vagas naqueles Estados e também à Polícia Militar de São Paulo, que Hygor responde ao processo penal na 9ª Vara Criminal de Aracaju.

Os dois irmãos recebem assistência jurídica do advogado Márcio Danilo Santos Silva. O Portal Infonet tentou ouvi-lo, mas não o localizou. O Portal permanece à disposição. Informações podem ser enviadas por e-mail jornalismo@infonet.com.br ou por telefone (79) 2106 – 8000.

Por Cassia Santana

Comentários