Concurso da PM: decretada prisão preventiva de irmãos

0
Irmãos são acusados de fraudar concurso (Foto cedida pela Ascom SSP)

A Justiça determinou na tarde desta terça-feira, 3, a prisão preventiva dos irmãos Hygor Ayslan Oliveira Lima, 28, e Aylton Hytalo Oliveira Lima, 26, presos em flagrante acusados por tentativa de fraude ao concurso público promovido pela Polícia Militar de Sergipe.

Os irmãos foram flagrados com aparelhos de telefones celulares, que transmitiriam informações por meio de toques vibratórios relativos às respostas corretas. Um deles estava com o aparelho acoplado ao gesso que ele utilizava em um dos braços para recuperação de uma suposta fratura.

O advogado Márcio Danilo Santos Silva, que atua na defesa dos acusados afirmou que irá solicitar a revogação da decisão do juiz. Segundo ele, os irmãos estão tranquilos. “Eles estão cientes de que não havia a necessidade da prisão preventiva”, afirmou.

Segundo o advogado, a dupla permanecerá no Centro de Operações Policiais Especiais (COPE).

O caso

Os irmãos faziam provas do Concurso realizado no dia 1° de julho, quando foram encontrados pela Polícia Civil. Ambos confessaram que pagariam até R$ 20 mil pela aprovação. A Polícia já sabe que há mais pessoas envolvidas com a fraude, o que já é elemento de investigação do Cope.

Eles já respondem a processos pelo mesmo crime no Piauí e uma tentativa no estado do Ceará por tentativa de fraude a concursos da Polícia Militar daqueles estados.

por Yago de Andrade

Comentários