Alunos da rede pública fazem manifestação em Lagarto

0
Estudantes reclama de estrutura precária e falta de professores (Fotos: Uses)

Estudantes do Centro de Excelência Abelardo Dantas, mantido pela Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), em Lagarto, realizaram um ato público na manhã desta sexta-feira, 12, para pedir melhorias para as instalações físicas daquela unidade de ensino. Os alunos realizaram uma manifestação na porta da escola, saíram em passeata pelas principais ruas da cidade e fizeram protestos na porta da Câmara Municipal de Vereadores e da Diretoria Regional de Educação (DRE2) na cidade.

Estudantes reclamam da precariedade da estrutura da escola e falta de professores (Fotos: Uses)

De acordo com informações do diretor da União dos Estudantes Secundaristas do Estado de Sergipe (Uses), Luan Santos, o protesto funciona como um meio da classe estudantil chamar a atenção do governador do Estado, Belivaldo Chagas (PSD), para a situação em que se encontra o Centro de Excelência, que funciona em tempo integral. Há uma reclamação generalizada, envolvendo aspectos da estrutura física da escola e também na estrutura pedagógica, conforme destaca a liderança.

Segundo Luan Santos, está faltando professores para variadas disciplinas e a quadra de esportes está sem uso em função da precariedade da estrutura. Há partes em ferro, que já estão enferrujadas, e os alunos temem um possível desabamento, conforme alerta o líder estudantil. Os estudantes propõem a transformação da quadra de esportes para um Ginásio Poliesportivo. Além de não ter cobertura, o piso da quadra não é apropriado para as atividades esportivas, segundo Luan Santos.

Os aparelhos de ar condicionado instalados na escola e os ventiladores disponíveis sempre apresentam problemas em função da sobrecarga na rede elétrica, conforme o estudante. E a alimentação não é ofertada. Em alguns momentos há escassez de gênero alimentício, mas na maioria das vezes falta merenda escolar por falta de servidores para preparar os alimentos, conforme desta o líder estudantil.

Resposta

Em nota enviada ao Portal Infonet, a assessoria de imprensa informa que a Seduc classifica como legítima as reivindicações dos estudantes e que as demandas relacionadas a professores, merendeiro e infraestrutura foram atendidas pela DRE. Segundo a nota, já foram convocados sete professores, dois merendeiros e já estão sendo adotadas as medidas pertinentes para que a empresa terceirizada realize a manutenção dos aparelhos de ar condicionado.

por Cassia Santana

Comentários