Alunos da UFS protestam por acesso igualitário ao ensino remoto

0
No hall da reitoria da instituição (Foto: Sintufs)

Alunos da Universidade Federal de Sergipe (UFS) realizaram na manhã desta quarta-feira, 23, no hall da reitoria da instituição, um protesto pelo acesso igualitário dos estudantes ao ensino remoto proposto pela universidade. Segundo o Diretório Central dos Estudantes da UFS (DCE/UFS), os editais que foram lançados apresentam lacunas que podem impossibilitar o acesso dos estudados as aulas a distância.

“Nós queremos que o estudante tenha tranquilidade para realizar suas atividades. Mas o edital apresenta muitas inconsistências. Por exemplo, está prevista uma verba de R$ 1.400

Luiz Felipe, Presidente do DCE-UFS (Foto: portal Infonet)

para comprar um notebook. Fizemos uma grande pesquisa de preço e não encontramos um aparelho desse valor que possa atender a demanda dos estudantes”, resume o presidente do DCE, Luiz Felipe Santos.

Ainda segundo ele, também está previsto um auxílio internet de 20 GB mensais através de um chip. No entanto, na sua visão, essa velocidade ainda é insuficiente. “Pelos nossos cálculos um estudante vai usar em média 23GB por disciplina que ele pegar. Se a pessoa pega, por exemplo, 4 disciplinas, a internet não será suficiente e o aluno terá que completar do próprio bolso”, enfatiza o presidente do DCE.’

Luiz Felipe argumenta ainda que o DCE foi contrário a essa volta do ensino desde o começo, mas que ela acabou sendo aprovada no início de setembro em votação no Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da instituição (Conepe-UFS). “Nos posicionamos contra. Mas já que a UFS tem esse desejo que ao menos possa garantir um ensino remoto igualitário para todos”, avalia.

UFS

Em nota, a Pró-reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE) reiterou que o valor de R$ 1.400,00 baseia-se na pesquisa média de preços fornecida pelo serviço de STI da universidade. ” E é talvez o maior valor, até onde temos conhecimento, oferecido para esse tipo de edital, em comparação a todas Instituições de Ensino Superior do país. Por exemplo, a UFBA abriu um edital com auxílio de R$ 800,00, a UFRN de R$ 1.200,00″, destacou.

Ainda segundo a PRAE, em relação ao período de inscrição para concessão dos benefícios, o edital foi divulgado no dia 04 informando que o período de inscrições iria de 10 a 14 de setembro. “Portanto, foram 10 dias entre divulgação e o fim das inscrições. O edital teve ampla divulgação nas redes sociais, TVs e rádios, e utilizamos também o sistema de notificação da UFS que envia mensagem a todos os alunos da instituição”, enfatizou.

A UFS informou ainda que ontem, 22, foi lançado um novo edital de inclusão de digital para contemplar alunos que não possuam acesso à internet e residam em localidades nas quais não há disponibilidade de internet 4G/3G através de operadora de telefonia celular. “Serão concedidos R$900,00 em parcela única para contratação de seis meses de internet. As inscrições começam hoje seguem até o dia 27 de setembro”, pontua.

Por fim, a Pró-reitoria de Assuntos Estudantis salienta que “todas estas ações, e outras que estão sendo planejadas, somando esforços de diversas pró-reitorias, demonstram o esforço e o compromisso da universidade para que todos os alunos que necessitam sejam, sem exceção, atendidos”, finaliza.

por João Paulo Schneider 

Comentários