Dia dos Professores: Sintese protesta e exige respeito à categoria

0

Os professores da Rede Estadual de Ensino realizaram na manhã desta quinta-feira, 15, Dia do Professor, um ato em frente ao Palácio de Despacho para exigir do Governo do Estado respeito à categoria. De acordo com a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Sergipe (Sintese), professora Ivonete Cruz, o ato é para comemorar e protestar.

Presidente do Sintese exige respeito a categoria (Foto: Reprodução de vídeo do Sintese)

“Não é por causa da precariedade que não vamos comemorar a nossa profissão, mas também exigimos respeito por parte do Governo. Respeitar a categoria é dar condições de trabalho, respeitar os aposentados que estão tendo 14% de desconto de sua aposentadoria, pagamento do piso do magistério como manda a lei que não está sendo pago desde 2015,  entre outras coisas”, diz.

Professora Ivonete lembra que em 2020, por conta da pandemia do Covid-19, os professores vivem uma problemática mundial e aponta que em Sergipe as condições de trabalho não são favoráveis. “O Governo instituiu o ensino remoto, mas para que isso aconteça é preciso de condições para os professores e alunos. Ensino remoto precisa de tecnologia, ou seja, aparelho e internet. Temos estudos que apontam que metade dos estudantes estão excluídos do processo porque não tem internet”, relata.

A presidente alerta para os cuidados e planejamento adequado que devem ser adotados para o retorno das aulas presenciais na rede pública de ensino. “Nós estamos  participando do comitê  instituído pelo Governo para discutir a retomada das aulas e entendemos que é preciso que as escolas tenham todas as condições sanitárias e de distanciamento social, mas, infelizmente essa não é a nossa realidade, temos escolas que sequer tem papel higiênico, imagine oferecer a segurança necessária para retornar as aulas.  É preciso ter muito cuidado”, enfatiza.

O Governo do Estado informa que mantém e reafirma a manutenção do diálogo aberto com todas as categorias de servidores, inclusive com os professores. Segundo o Governo, esta semana o secretário de educação recebeu o Sintese em audiência e discutiu todas as pautas que o sindicato levou. O Governo informou ainda que o Sintese faz parte do comitê que discute a possibilidade do retorno das aulas.

por Karla Pinheiro

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais