Equipe da ANP visita IFS para iniciar processo de credenciamento de cursos

0

Na manhã da última quinta-feira, 21, o Instituto Federal de Sergipe (IFS) recebeu a visita de uma equipe da Agência Nacional de Petróleo (ANP). O analista administrativo Anderson Lima e o especialista em regulação Antônio Nascimento vieram diretamente do Rio de Janeiro para iniciar o processo de credenciamento do curso de Petróleo e Gás do IFS pela referida agência.

Segundo o analista Anderson, a partir de 1998 foi introduzida nos contratos de concessão para exploração, desenvolvimento e produção de petróleo e gás natural no Brasil uma nova cláusula. “Ela determina que as concessionárias invistam um valor equivalente a 1% da sua receita bruta em pesquisa e desenvolvimento”, explica.

O analista esclarece ainda que, para ter direito a receber parte desse recurso, as instituições de ensino precisam que seus cursos relacionados ao segmento de petróleo e gás sejam credenciados pela ANP. “Em resumo, esse credenciamento é uma habilitação para que as instituições possam receber os recursos destinados a P&D”, diz.

Apresentação
Em um primeiro momento, a equipe participou de uma apresentação do instituto, feita pela pró-reitora de Pesquisa e Extensão, professora Ruth Sales. Ela falou sobre a Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, de forma geral, e mais especificamente sobre o IFS, sua estrutura e cursos oferecidos.

Na sua fala, Ruth destacou uma das especificidades dos institutos. “Enquanto as universidades trabalham com grandes áreas, nós lidamos com eixos tecnológicos”, esclarece a pró-reitora.

Alguns dos pontos citados pela professora foram as áreas de interesse do IFS e os convênios firmados com a Petrobras e a Embrapa. ”Os convênios com a Petrobras e a Embrapa têm o objetivo de capacitar os moradores dos municípios onde essas empresas estão inseridas”, declara.

A pró-reitora lembrou, ainda, que o IFS está recebendo um forte apoio da bancada sergipana em Brasília. “Todos os deputados têm se mostrado sensíveis às nossas demandas, independente do seu partido político. Este ano conseguimos R$ 11 milhões em emendas parlamentares e agora estamos construindo um banco de projetos para pleitear, antecipadamente, essas emendas”, conta Ruth.

Pró-reitorias

Também estiveram presentes na ocasião os pró-reitores de Ensino, Adelmo Menezes, de Administração, Alex Sandro Barbosa, e de Gestão de Pessoas, Sérgio Maurício. Alex falou sobre a considerável ampliação do orçamento para 2012 e da destinação de mais recursos para pesquisa e extensão. “Estão previstos para o ano que vem cerca de R$ 3 milhões para a pesquisa. O Governo Federal vem investindo maciçamente na rede, não só visando o ensino, mas também a pesquisa e a extensão”, afirma.

Na oportunidade, Alex ressaltou ainda a importância do convênio firmado recentemente com a UFS e a reestruturação pela qual passará o IFS. “Teremos, já começando esse ano, mas se estendendo para 2012 e 2013, uma relevante reestruturação em termos de infraestrutura e equipamentos, o que vai ampliar ainda mais a qualidade dos cursos oferecidos pela instituição”, assinala.

Já o professor Adelmo enfatizou que o momento de avaliação deve ser também um momento de orientação. “É interessante que a ANP nos dê também orientações sobre o que poderíamos apresentar para melhorar ainda mais os nossos cursos”, ressalta o pró-reitor.

Expectativa
Os técnicos da ANP destacaram que o objetivo da visita não é apenas verificar os cursos selecionados pela Universidade Petrobras (Química, Petróleo e Gás, Eletrônica, Eletrotécnica, Automação Industrial e Segurança do Trabalho), mas todos os cursos correlatos. “Avaliaremos tudo aquilo que está dentro do escopo da ANP”, esclarece Anderson.

Eles contam que têm visitado diversos institutos para credenciar cursos, como na Bahia, em Pernambuco e no Rio de Janeiro, e que vão utilizar essa experiência para avaliar os cursos do IFS. “Percebemos que os institutos têm recebido muitos recursos do Governo Federal, de forma que eles estão bem equipados e partem agora para outro patamar. Acredito que aqui não vai ser diferente”, diz.

Ao final da apresentação feita pela professora Ruth, os técnicos da ANP visitaram as instalações do IFS, especialmente as salas de aula e laboratórios, acompanhados pela pró-reitora e outros servidores do instituto.

Fonte: IFS

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais