Inscrições para o “Festival Minuto Escola Pública” vão até o dia 23 

0
O tema é livre, mas o candidato deverá escolher a categoria da qual deseja criar o produto final (Foto: Seduc)

A Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), por meio do Departamento de Apoio ao Sistema Educacional/ Serviço de Apoio ao Desenvolvimento Estudantil (Dase/Seades), informa que estão abertas as inscrições para o Festival do Minuto até o dia 23 de agosto.

Para se inscrever, basta optar por umas das categorias de Física, Química, História, Artes Visuais (Antropofagia) e Literatura, e enviar um Gif ou vídeo de 1 minuto para o endereço www.festivaldominuto.com.br, onde também encontrará mais informações sobre o festival. O tema é livre, mas o candidato deverá escolher a categoria da qual deseja criar o produto final.

Os conteúdos inscritos serão avaliados pelo comitê de curadores do Festival, e os mais bem avaliados receberão o Troféu Minuto, de acordo com as categorias ou temas em que foram inscritos ou, dependendo do caso, de acordo com as categorias ou temas que lhes forem atribuídos pela curadoria do Festival. No site do festival é possível encontrar diversos concursos. Acesse e entenda.

Para que os candidatos possam compreender melhor o concurso, um curso online gratuito foi disponibilizado para apreensão das noções básicas do audiovisual a partir do Formato Minuto. Ele será ministrado pelo criador e curador do Festival, Marcelo Masagão, e pela educadora Moira Toledo. Acesse no canal do youtube Festival do Minuto, por meio do endereço https://www.youtube.com/user/festivaldominuto

De acordo com a coordenadora do Seades, Danielle Virginie, a ideia é provocar os alunos para que produzam conteúdo de maneira criativa relacionado às disciplinas elencadas pelo festival. “A produção do conteúdo estimula a pesquisa, um comportamento desenrolado do aluno quando vai para a frente da câmera ou quando produz um material gráfico para transformar em animação. A gente pensa que isso contribui muito para que o aluno desenvolva outras habilidades, e é muito interessante porque ele pode brincar com conhecimento”, enfatizou.

O Festival do Minuto foi criado no Brasil em 1991 e inspirou a criação de outros festivais semelhantes em mais de 50 países. A partir de 2007, o mencionado festival tornou-se permanente no formato online, passando a realizar dezenas de concursos no decorrer do ano. É um celeiro de novos talentos e conta, em seu acervo, com vídeos de diversos realizadores reconhecidos, a exemplo de Carlos Nader, Anna Muylaert, Beto Brant, Tata Amaral, Kiko Goifman, entre outros. O Festival do Minuto sempre teve laços estreitos com a educação, e seu uso é muito valorizado em sala de aula.

Fonte: Seduc

Comentários