Professores continuam mobilizados e greve pode ocorrer

0

Vice-presidente do Adufs, Marcos Pedroso (Foto: Arquivo Infonet)

Os professores da Universidade Federal de Sergipe (UFS) continuam mobilizados e realizaram uma assembleia nesta quinta-feira, dia 26, para a avaliação das atividades. O ato serve como parte do calendário de mobilização em prol do Plano de Carreira e de uma universidade pública, gratuita e de qualidade.

Os principais pontos da pauta de reivindicações se referem à mudança no Plano de Carreira dos Docentes das Instituições de Ensino Superior, dentre elas, estão a incorporação das gratificações ao vencimento básico, retribuição por titulação e recomposição salarial de 22,08%.

De acordo com o vice-presidente da Associação dos Docentes da UFS (Adufs), Marcos Pedroso, a mobilização está sendo considerada satisfatória. “Estamos percebendo que o movimento está crescendo. Estamos a quase quatro anos sem aumento, além de aumento salarial lutamos por uma universidade pública de qualidade. E por melhores condições de trabalho, temos professores com 60 e até 70 alunos em uma sala de aula”, diz Pedroso ao acrescentar que no dia 15 de maio os professores farão uma nova assembleia para saber se entram ou não em greve por tempo indeterminado.

Na última quarta-feira, dia 25, os docentes se concentraram na praça Fausto Cardoso como parte da mobilização nacional dos servidores públicos federais.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais