Professores mantém vigília na porta da AL

0

Tenda armada na porta da Assembléia Legislativa
Trinta professores da rede estadual estão em vigília dentro das dependências do prédio da Assembléia Legislativa desde o início da noite da última segunda-feira, 5. Uma tenda de apoio está montada na praça Fausto Cardoso para abrigar os outros professores nos protestos durante o dia. Eles estão em greve há três semanas, e se reunirão nesta terça-feira, 6, às 17h, com o secretário da Fazenda Nilson lima.

De acordo com a diretoria do Sintese, o motivo da ocupação é buscar a solidariedade dos deputados para que eles façam intermédio junto ao governo da pauta de reivindicação de 2008. “Tanto a realização do ato quanto a continuidade da greve se devem à ausência de propostas concretas por parte do Governo do Estado em relação aos professores”, disse Joel Almeida, presidente do Sintese.

Pela manhã os professores ocuparam galeria da AL
Na semana passada Joel apresentou os principais pontos de reivindicação da categoria para os deputados durante uma sessão da Comissão de Educação. “Foi proveitoso no sentido da discussão, mas ainda não teve nenhum reflexo prático”, afirmou. De acordo com o presidente do Sintese, a indicação de um reajuste salarial e um percentual de reajuste na gratificação de regência de classe.

A intenção dos professores é permanecer em vigília até amanhã, quarta-feira, 7, quando a categoria realiza nova assembléia a partir das 9h, no Cotinguiba Esporte Clube e decide os rumos do movimento grevista que chega ao seu 14º dia.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais