Prorrogadas as inscrições para os editais de iniciação científica

0
Diretor-presidente da Fapitec, Heriberto Pinheiro (Foto: ASN)

Com o intuito de proporcionar mais tempo aos interessados, a Fundação de Apoio à Pesquisa e a Inovação Tecnológica (Fapitec/SE), prorrogou o prazo para quem deseja se inscrever no Programa Institucional e Bolsa de Iniciação Científica Júnior (Pibic Jr) e no Programa de Apoio a Olimpíadas de Ciências e a Projetos de Popularização da Ciência. Os interessados poderão se inscrever até o dia quatro de outubro. Nesta ação foram investidos ao todo R$ 372 mil, sendo R$ 180 mil do Governo do Estado e R$ 192 mil do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ).

O Pibic Jr estimula a pesquisa científica, tecnológica e a inovação, na busca de despertar potenciais talentos entre estudantes do ensino fundamental, médio e profissional da rede pública. O Programa de Apoio a Olimpíadas de Ciências e a Projetos de Popularização, apoia a realização de Olimpíadas de Ciências ou Competições Científicas e projetos de Popularização da Ciência, voltados para divulgação, disseminação e democratização de informações sobre ciência, tecnologia e inovação.

Para o diretor-presidente da Fapitec, Heriberto Pinheiro, o programa de iniciação científica já está consagrado pelo êxito, com grandes resultados alcançados, porque incentiva a pesquisa, envolve professores, estudantes, instituições federais e estaduais, gera conhecimento, desperta uma visão empreendedora e possibilita que os resultados destes projetos possam beneficiar a sociedade. “Com o apoio do nosso programa, a geração de  novos métodos e ideias nas escolas, se cria uma consciência científica nos alunos, que poderão se tornar pesquisadores por excelência ”, destaca.

Participante de três editais de Pibic Jr e um de Popularização da Ciência, O professor de química Danilo Oliveira Santos, do Colégio Estadual Deputado Guido Azevedo, em Areia Branca, diz que os alunos participantes de projetos de iniciação científica apresentam melhorias no desempenho escolar, amadurecimento para resolver situações problema e exibem maior autonomia para encarar futuros desafios. “A participação no programa oferece ao aluno uma formação mais sólida e significativa. Nos eventos de apresentação, os estudantes sentem a importância dos trabalhos desenvolvidos na instituição de ensino com o diálogo existente com outros pesquisadores, fortalecendo o conhecimento científico”, aponta.

Saiba mais sobre os programas

O Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica Júnior (Pibic Jr) é dividido nas linhas A e B. A linha A é para projetos de pesquisa, popularização e difusão científica, desenvolvidos em instituições de ensino superior ou institutos e centros de pesquisas sediadas no estado de Sergipe. Já na linha B, o projeto de pesquisa deve ser financiado diretamente pela Fapitec/SE, podendo estar em execução, aprovado e financiado por outras instituições ou agências, a partir de editais estaduais ou nacionais.  Serão oferecidas 160 bolsas com a duração máxima de até 12 meses.

As bolsas, nestes casos, serão destinadas a alunos do ensino fundamental (a partir do 9º ano), médio ou profissionalizante (até o penúltimo ano), regularmente matriculados em escolas públicas sediadas no estado de Sergipe, concedidas na forma de pagamentos mensais aos bolsistas.

Já o edital de Popularização da Ciência segue três modalidades de apresentação dos projetos: os Projetos Individuais de Pesquisadores; os Projetos Individuais de Professores da Rede Pública; e os Projetos Institucionais. Além disso, o edital prevê ainda apoio na participação em Olimpíadas de Ciências ou Competições Científicas. Neste caso, os projetos receberão auxílio financeiro conforme edital.

Mais informações podem ser obtidas no edital, que está disponível no site www.fapitec.se.gov.br.  A Coordenação do Programa de Comunicação e Inovação Tecnológica (PROCIT) também está disponível para dirimir qualquer dúvida através do telefone: (79) 3259-3007.

 

Fonte: ASN 

Comentários