Sisu: mais de 1.260 alunos do estado ingressaram no ensino superior 

0
Números tende a aumentar à medida que outras chamadas do Sisu acontecerem (Foto: Maria Odília)

O levantamento de dados do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) apontou a aprovação de 1.260 alunos da rede pública estadual de Sergipe ao ensino superior. Desse total, 320 são estudantes que cursaram apenas o ensino médio; 642 são alunos exclusivos do Curso Pré-Universitário da Seduc, e 298 alunos estavam matriculados em 2018 tanto na rede quando no Pré-Universitário.

Desde que iniciou a divulgação do Sisu, alunos da rede pública se destacaram em excelentes colocações em cursos concorridos, tanto na Universidade Federal de Sergipe, quanto em outras instituições de ensino superior de outros estados. Um dos exemplos foi a jovem Gislaine do Nascimento Santos, estudante do Colégio Estadual Abdias Bezerra, em Ribeirópolis, que foi aprovada em primeiro lugar na sua modalidade em Medicina na UFS, campus de São Cristóvão. Outro destaque foi a jovem Tayane de Jesus Bispo, do Colégio Marcolino Cruz Santos, de Macambira, aprovada em 1º lugar em Medicina na UFS, também em uma das modalidades do Sisu, no campus de Lagarto.

O secretário de Estado da Educação, do Esporte da Cultura, professor Josué Modesto dos Passos Subrinho, parabenizou os aprovados e ressaltou que esse resultado vem do esforço dos professores, alunos e preocupação do Estado em levar qualidade ao ensino público. “Quero desejar os parabéns a todos os alunos da rede estadual do ensino médio e do pré-universitário por terem obtido êxito nas principais universidades do país. Reflete um esforço, tanto dos nossos professores, como do Governo do Estado em proporcionar um ensino de qualidade. Queremos que os alunos tenham uma bela formação profissional, que sejam cidadãos críticos e ativos. Parabéns a todos e a suas famílias”, afirmou.

A diretora do Departamento de Educação da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (DED/Seduc), Ana Lúcia Lima, comemora os bons resultados alcançados pela rede estadual informando que a UFS é uma referência de desenvolvimento para a população de Sergipe. “Termos 1260 estudantes da Rede Estadual aprovados na UFS é motivo de grande alegria para a Seduc. Reconhecemos e valorizamos o trabalho dos gestores e professores das nossas instituições de ensino, bem como da equipe do Pré-Universitário. Parabenizamos nossos estudantes e seus familiares pelo sucesso nessa etapa. O sucesso dos nossos estudantes é o nosso sucesso”, afirmou.

A coordenadora do Serviço de Ensino Médio da Seduc, professora Joniely Cruz, explica que o número de aprovados ainda tende a crescer, à medida que outras chamadas do Sisu forem acontecendo. “Acredito que vários motivos levaram a esse resultado, como o conhecimento dos alunos, a mobilização das escolas, o engajamento, a proposta pedagógica voltada não apenas para a aprovação, mas também para preparação dos jovens para que possam fazer suas escolhas bem orientadas, mediadas pelo projeto de vida. Os professores comprometidos com a qualidade do ensino e focados na aprendizagem dos alunos também fizeram toda a diferença”, disse.

As matrículas da primeira chamada deverão ser feitas entre 30 de janeiro e 4 de fevereiro. Já a inscrição na lista de espera, para quem não passou na primeira chamada, será de 28 de janeiro a 4 de fevereiro. As convocações de outras chamadas acontecerão a partir de 7 de fevereiro.

Comemorações

O Centro de Excelência Vitória de Santa Maria, uma unidade de ensino que fica em uma comunidade carente de Aracaju, teve um resultado expressivo. Ao todo, 25 alunos estão na lista de aprovados, sendo que desses, 20 também frequentaram o curso Pré-Universitário. Os outros cinco estudantes, que fizeram o 3º ano na unidade de ensino e foram aprovados para a UFS, são: Breno da Conceição de Oliveira (1º lugar em Biologia), Rodrigo Eduardo da Silva Moura (4º lugar em Física), Gleiciane Alves da Silva Pinto (6º lugar em Letras Português), Saionara Halin Martins Andrade (6º lugar em Direito) e Sidnei Oliveira Lima (14º lugar em Engenharia Elétrica).

O diretor Alex Fabiano Gonçalves Pinto destaca que esse resultado é fruto de muita dedicação e trabalho. “A maioria dos alunos é do ensino médio de tempo integral. Eles estão conosco há mais de dois anos e conseguiram lograr êxito. Houve também muita dedicação dos professores e mudança de pensamento por parte dos estudantes. Eles agora percebem que não é por causa da comunidade em que vivem que ficarão à mercê da sociedade, pois os estudos podem mudar a sua realidade”, afirmou.

Vitória Maria dos Santos Silva foi aluna do Centro de Excelência Milton Dortas, em Simão Dias, e do Pré-Universitário. Ela foi aprovada em Direito na UFS, campus de São Cristóvão, em 8º lugar na categoria cotas para pardos, negros e indígenas, que só tinha nove vagas. Ela conta que, por gostar muito de Matemática, chegou a pensar em fazer Engenharia Civil.

“Eu me senti muito feliz quando passei, parece que nem caiu a ficha ainda. Entrei no Milton Dortas no meio do ano e foi muito bom, porque os professores são excelentes. O Pré-Universitário também me ajudou bastante a não atrasar os assuntos que eu via no colégio e estudava em casa, já que é uma revisão”, declarou.

A festa também foi grande para os alunos do Centro de Excelência Manoel Messias Feitosa, em Nossa Senhora da Glória, após divulgação do resultado do Sisu. Em clima de comemoração, os alunos percorreram várias ruas da Capital do Sertão. Ao todo, 32 estudantes foram aprovados, com destaques, como os alunos José Eronildes (1º lugar em Biologia), Keiti Murielly (1º lugar em Matemática), Andréa Santos (1º lugar em Ciências Sociais), entre outros.

Veterana

A ex-aluna do Centro de Excelência Atheneu Sergipense, Giulia Oliveira Pardo, também comemorou o resultado do Sisu. Ela foi aprovada em Enfermagem na USP, em 2016, mas não chegou a cursar. Nesta última edição do Sisu, foi aprovada em 6º lugar no curso de Medicina da UFS.

Ela, que valoriza bastante o ensino público, foi festejar com os alunos do Atheneu no dia da divulgação do resultado do Sisu. “Fico feliz porque é uma grande conquista, uma vitória da escola pública. Vários colegas meus também foram aprovados. O ensino público nos apoia muito no sentido de nos motivar para conseguirmos o que queremos”, disse.

Outros destaques

São muitos os alunos da rede estadual que obtiveram excelentes classificações no Enem, apenas nessa primeira chamada do Sisu. Vitor Emanuel Souza Leite, que mora em Areia Branca, estudou no Colégio Estadual Gonçalo Rolemberg Leite, e foi o 2º colocado da rede pública em Medicina (campus de São Cristóvão). Já Tarcísio Souza, do Colégio Estadual João Salônio, de Nossa Senhora Aparecida, foi aprovado no curso de Medicina na Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB).

Aluna Centro de Excelência Milton Dortas, em Simão Dias, Darla Anny Andrade de Oliveira Araújo também estudou no Pré-Universitário, e passou em Odontologia na UFS (campus de Lagarto).

O Centro de Excelência Dom Luciano José Cabral Duarte, em Aracaju, contou com 33 alunos aprovados, com estudantes tiveram as primeiras colocações em cursos como Medicina, Administração, Serviço Social e Zootecnia.

Aprovações do Pré-Universitário

O curso Pré-Universitário da Seduc teve uma aprovação recorde nesta primeira chamada do Sisu. De acordo com o diretor do Departamento de Apoio ao Sistema Educacional (Dase), Fábio Leite, o Preuni já bateu a meta do Sisu de 2017, que teve naquele ano 420 aprovados, e agora foram 642.

“Tudo isso mostra que o programa vem contribuindo muito para os estudantes da rede. Praticamente metade dos alunos da rede aprovados está no Pré-Universitário, um curso que cada vez mais se fortalece como um programa de Estado, que muda a vida de pessoas. É muito gratificante ver que esses estudantes, cada vez mais, alcançam seus objetivos”, afirmou. Fábio Leite explica ainda que esse resultado tende a aumentar, pois haverá ainda mais chamadas do Sisu.

O polo que mais aprovou alunos foi o Murilo Braga, em Itabaiana, com 107 aprovados. Em segundo lugar ficou o polo Professor Abelardo Romero Dantas, em Lagarto, com 102 aprovações, e em terceiro lugar, polo Marcos Ferreira, em Simão Dias, com 54 alunos aprovados.

O coordenador do polo Murilo Braga, Cleidinaldo de Jesus Cunha, destacou que esse é um polo vitorioso e bastante procurado na região. “No último processo seletivo para o Preuni tivemos mais de mil candidatos inscritos para 400 vagas. A população entende que esse polo tem qualidade. Ano passado nós tivemos a maior aprovação do Pré-Universitário, com 250 alunos que ingressaram no ensino superior. Desta vez foram 107, com bons resultados, como dois aprovados em Medicina e outros aprovados em cursos como Odontologia e Enfermagem”, declarou.

Fonte: Seduc

Comentários