XII Olimpíada ambiental traz o tema ‘Resíduos sólidos’

0
Evento vai trabalhar Projeto de Educação Ambiental criado para o público estudantil, professores das escolas públicas, escolas particulares e ONGs (Foto: ASN)

Já tem data marcada, hora e local para a Olimpíada Ambiental deste ano, organizada pelo Governo do Estado de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, Sedurbs, e da Superintendência Especial de Recursos Hídricos e Meio Ambiente  (Serhma). O lançamento será no dia 7 de agosto, na Biblioteca Pública Epifânio Dórea, na capital sergipana.

O evento reúne estudantes que concorrem nas modalidades arte e produção textual e professores que participam com a inscrição de sua vídeo-aula na modalidade Educomunicacão, uma inovação dessa XII edição do Projeto, que conta com a parceria da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura, Seduc, e das Secretarias Municipais de Educação de Aracaju e de outros municípios do estado.

A olímpiada já acontece há 12 anos, em conformidade com a Política Estadual de Educação Ambiental e a Política Nacional de Educação Ambiental, garantindo o direito de todos à educação ambiental conforme Artigo 3º, que incumbe às atribuições do Estado: “I – ao Poder Público, nos termos dos arts. 205 e 225 da Constituição Federal, definir políticas públicas que incorporem a dimensão ambiental, promover a educação ambiental em todos os níveis de ensino e o engajamento da sociedade na conservação, recuperação e melhoria do meio ambiente”.

Segundo o secretário da Sedurbs, Ubirajara Barreto, é de fundamental importância trabalhar com a problemática dos resíduos sólidos e a sustentabilidade, inserir ações voltadas para esse público jovem é a certeza que estar no caminho certo. “Esse Projeto de Educação Ambiental tem como perspectiva motivar ações de caráter educativo, visando provocar a reflexão sobre as questões relacionadas ao meio ambiente sergipano”, explica.

Poderão participar todos os alunos devidamente matriculados e professores em exercício da função das Redes Públicas e Particulares (Municipal, Estadual e Federal) e particulares do Estado de Sergipe, abrangendo todos os níveis e modalidades de ensino, desde que satisfaçam às condições previstas neste projeto.

Segundo o superintendente de Recursos Hídricos e Meio Ambiente, Ailton Rocha, a Olimpíada é como uma semente de conscientização ambiental plantada nos participantes. “É preciso entender que a educação ambiental é fundamental para todos nós e fazer esse trabalho voltado para crianças e jovens nos deixa muito esperançosos para a construção de um planeta melhor. Estamos plantando a semente da consciência ambiental”, disse.

Como participar

As inscrições deverão ser realizadas a partir do dia 8 de agosto de 2019, conforme o regulamento, através do site: www.olimpiadaambiental.se.gov.br , onde, no máximo, serão aceitas 02 inscrições por aluno e professor, 01 individual e/ou 01 em grupo.

A diretora de Educação Ambiental da Superintendência Especial de Recursos Hídricos e Meio Ambiente, Elane Alvarenga Oliveira Hora, esclarece que esta edição tem como perspectiva motivar ações de caráter educativo, visando provocar a reflexão e despertar uma nova consciência, um novo modo de viver e pensar a questão dos Resíduos Sólidos, sua destinação correta, a  importância da reciclagem, os 7 Rs, a inclusão Socioambiental dos Catadores, enfim, um tema tão atual e importantíssimo para provocar mudanças de paradigmas na sociedade e a preservação ambiental. “A Olimpíada Ambiental tem como propósito estimular o aprender, conhecer, pesquisar, investigar e discutir as ações antrópicas, contribuindo para a construção de valores e de uma nova sensibilização e conscientização ambiental”, justifica.

A abertura está prevista para o dia 7 de agosto e o início dos trabalhos deverá começar no dia 8. As olimpíadas devem durar 108 dias, com o encerramento previsto para o dia 27 de novembro.

Fonte: ASN

Comentários